Publicidade

Estado de Minas DE OLHO NAS BOMBAS

Preço do combustível tem variação de até 22% entre postos de BH

Pesquisa realizada pelo Mercado Mineiro mostra o valor médio dos principais combustíveis na Região Metropolitana e a diferença de preços entre postos da capital


01/03/2021 09:56 - atualizado 01/03/2021 10:16

Preços em posto de combustível em Belo Horizonte em 23/02/2021. Pesquisa mostra o valor médio dos principais combustíveis na Região Metropolitana e a diferença de preços(foto: Túlio Santos/EM/D.A Press)
Preços em posto de combustível em Belo Horizonte em 23/02/2021. Pesquisa mostra o valor médio dos principais combustíveis na Região Metropolitana e a diferença de preços (foto: Túlio Santos/EM/D.A Press)
O portal de pesquisas Mercado Mineiro realizou um levantamento de preços dos principais combustíveis nos postos de Belo Horizonte e em cidades da Região Metropolitana na semana passada, após anúncios de aumentos nos produtos e na pressão de demanda trazida por uma breve paralisação dos transportadores de combustíveis do estado. Foram consultados 145 postos entre os dias 24 a 28 de fevereiro.

 

Entre os postos de Belo Horizonte, o menor preço encontrado da gasolina comum foi R$ 5,149 e o maior foi R$ 5,799, uma diferença de 12,62%. Em comparação realizada com os preços praticados em 28 de janeiro, constatou-se que o preço médio da gasolina comum subiu 11% ou R$ 0,54, passando de R$ 4,761 para R$ 5,300.

Em Betim, o preço médio do litro da gasolina é de R$ 5,198, e em Contagem R$5,255, ambas menores do que a média observada na capital.

Para o etanol, o menor preço encontrado entre os postos pesquisados foi de R$ 3,349, e o maior de R$ 4,099, uma variação de 22%. Na comparação mensal foi apontando que o preço médio do etanol subiu 15,58% (R$ 0,50), sendo que o valor médio do litro do álcool era de R$ 3,203 e passou a ser de R$ 3,702.

 

O preço médio do etanol é de R$ 3,496 em Betim. Em Contagem, o valor médio do álcool é de R$ 3,737, dessa vez maior do que o praticado em BH.

 

O Preço médio do litro do Diesel S10, que vem gerando ameaças de greve entre os caminhoneiros, subiu 14,15% no último mês, uma expansão de R$ 0,54. Em 28 de janeiro, a média do óleo diese era de R$ 3,823 e passou para R$ 4,364 no último dia de fevereiro.

 

O menor preço do litro do Diesel S10 na capital é de R$ 4,099 e o maior R$ 4,699, uma diferença de 14,64%. O preço médio em Betim é de R$ 4,290 e em Contagem é de R$ 4,300. 

Abastecer com álcool em BH vale a pena?

Segundo especialistas, o Etanol é viável para o bolso do consumidor quando corresponde a, no máximo, 70% do preço médio da gasolina comum.

 

O Mercado Mineiro mostra que, a despeito dos últimos aumentos no preço do álcool, ainda é vantajoso para o motorista abastecer com o etanol nos postos de BH.

 

Sendo R$ 5,30 a média do preço do litro da gasolina na capital, o valor máximo do etanol deve ser R$ 3,71, ficando dentro da média observada pelo portal nas revendedoras de BH, que é de R$ 3,70.

 

A pesquisa completa pode ser acessada no portal Mercado Mineiro.

 

*estagiário sob supervisão do subeditor Daniel Seabra


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade