Publicidade

Estado de Minas HOMICÍDIO QUALIFICADO

Adolescente que matou ex-namorado em Araxá teve ajuda no crime

Os dois foram detidos pela Polícia Civil de Araxá e confessaram o crime


24/02/2021 10:27 - atualizado 24/02/2021 11:29

Na tarde desta segunda-feira (22/02) foi realizada a reconstituição do homicídio. A vítima Gutemberg Leonardo Ribeiro tinha apenas 21 anos(foto: Bruna Isabella/Portal Imbiara)
Na tarde desta segunda-feira (22/02) foi realizada a reconstituição do homicídio. A vítima Gutemberg Leonardo Ribeiro tinha apenas 21 anos (foto: Bruna Isabella/Portal Imbiara)
A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), por meio da Delegacia Especializada de Crimes Contra a Vida da 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Araxá, descobriu que uma adolescente, de 17 anos, que confessou ter assassinado o ex-namoradocontou com a participação de um jovem de 21 anos. Nesta terça-feira (23/02), foram cumpridos mandados de prisão contra ele, e mandado de busca e apreensão contra a menor pelo crime de homicídio qualificado, quando ocorre de maneira premeditada ou por meio de emboscada que impeça a possibilidade de defesa da vítima.

Durante o interrogatório, de acordo com o delegado regional Vitor Hugo Heisler, ambos confessaram a participação e detalharam a dinâmica do crime. O araxaense Gutemberg Leonardo Ribeiro foi encontrado morto com queimaduras pelo corpo, marcas de tiros no pescoço e lesões atrás da cabeça, na região da cidade conhecida como Mourão Rachado, zona rural de Araxá, na última sexta-feira (19/02).


Ainda segundo o delegado regional Vitor Hugo, a jovem disse que a motivação do crime foi ter sido forçada a manter relações sexuais com Gutemberg, quando os dois namoraram.

Na tarde desta segunda-feira (22/02), foi realizada a reconstituição do homicídio no local do crime, que contou, além da equipe da Polícia Civil (PC) de Araxá, com a participação da adolescente.

De acordo com o sistema da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), a vítima não tinha nenhuma passagem policial.

“No decorrer das diligências empreendidas, a equipe de policiais civis responsável pela investigação conseguiu identificar a vítima, bem como os envolvidos. Eles foram localizados e foram apreendidos a arma de fogo e uma fração do combustível, utilizados no crime. Os autores se encontram recolhidos e à disposição da Justiça”, informou o delegado Vinícius Ramalho Lima, também responsável pelas investigações do homicídio, que ainda conta com as participações de seis investigadores.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade