Publicidade

Estado de Minas CRIMINALIDADE

Polícias fazem megaoperação para diminuir crimes nas estradas que cortam MG

Polícias Militar de Minas de Gerais e Rodoviária Federal lançam operação conjunta com a Secretaria de Justiça e Segurança Pública


22/02/2021 17:31 - atualizado 22/02/2021 20:16

Anuncio foi feito na tarde desta segunda-feira (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press )
Anuncio foi feito na tarde desta segunda-feira (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press )
Coibir a criminalidade e as infrações de trânsito. Esses são os objetivos  de uma megaoperação articulada pelas Polícias Militar de Minas de Gerais (PMMG) e Rodoviária Federal (PRF) com a Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). O anúncio foi feito na tarde desta segunda-feira (22/02) em coletiva de imprensa.

O superintendente executivo da PRF, Bruno Schneider Raslan, explica que o intuito é coibir crimes violentos que ocorrem nas estradas que cortam o estado.

“Coibir o tráfico de drogas, o roubo a veículos e em ônibus... Esse assalto a ônibus deixa uma marca muito profunda na pessoas", pontuou.

Ele ainda destacou que Minas Gerais teve redução acentuada na criminalidade. Foi registrada queda de 60% dos assaltos em transporte coletivo nos últimos dois anos.

"A operação visa manter essa capacidade de continuar a redução da criminalidade. E também aumentar a sensação de segurança da população", informou.

"Minas Gerais é o estado com maior malha rodoviária do Brasil e a atuação da policias tem contribuindo para a redução do crime no nosso estado. Agora,  visamos intensificar as nossas ações", complementou comandante do Policiamento Rodoviário, coronel Valmir José Fagundes.

O superintendente de Integração da Sejusp, Leandro Almeida, acrescentou que a operação, chamada de "Caminhos de Minas", será uma das maiores já realizadas, de forma integrada, nas estradas do estado.

As autoridades não revelaram o efetivo que será empregado, os pontos de atuação e nem o período que vai durar a operação, pois segundo eles são informações que podem atrapalhar a efetividade das ações.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade