Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Hospital de Clínicas da UFU vai abrir 30 leitos de UTI com ajuda estadual

O anúncio aconteceu durante agenda do secretário de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, em Uberlândia


17/02/2021 20:35 - atualizado 17/02/2021 21:43

Secretário estuda levar modelo de Uberlândia para outras cidades(foto: Vinícius Lemos)
Secretário estuda levar modelo de Uberlândia para outras cidades (foto: Vinícius Lemos)
O Estado de Minas Gerais vai ajudar na abertura de 30 leitos de UTI no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU) para atendimento de casos de COVID-19. O anúncio veio durante agenda do secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, no Triângulo Mineiro, nesta quarta-feira (17/2). Ele ainda participou de uma entrevista coletiva na prefeitura de Uberlândia e um novo decreto sobre as atividades comerciais na cidade foi adiado para o fim de semana.

Oito leitos extras de UTI já estão em funcionamento no HC-UFU e até sexta (19/02) mais 10 unidades do tipo deverão entrar em funcionamento. Os demais 12 leitos, contudo, precisam que um processo seletivo para contratação de mão-de-obra seja finalizado pela instituição federal. A cada 10 leitos custeados pelo Estado, o gasto mensal é de R$ 480 mil.

"Hoje, na UFU, vimos ser possível abrir leitos. Isso me deixa muito satisfeito, pois era meu objetivo vir aqui: ver onde era possível concentrar esforços para abertura de leitos”, disse Amaral.

Ainda de acordo com o secretário estadual, nenhuma das prefeituras com quem teve reunião nesta quarta chegou a pedir a transferência de pacientes para outros municípios. Porém, ele lembrou que essa é uma situação de momento e que a Regulação Estadual monitora cada cenário.

Uberlândia
Era esperado que nesta quarta um novo decreto restritivo fosse divulgado pela prefeitura de Uberlândia, uma vez que a cidade passa por uma crescente de casos de COVID-19. Nas últimas 24 horas, foram registradas 13 mortes. Entretanto, segundo o prefeito Odelmo Leão (PP), a pedido do secretário Carlos Eduardo Amaral, será estudado usar o modelo de Uberlândia.

“Nós vamos prorrogar o atual decreto até sexta-feira para saber se os ajustes servirão para outros municípios do Triângulo Norte. Esse foi um pedido feito pelo prefeito de Araguari (Renato Fernandes) ao secretário (de Estado de Saúde)”, disse Leão.

As novas medidas já estão prontas e ainda não se sabe como as atividades da cidade serão afetadas, tendo como dia de início o próximo sábado (20).

Leitos municipais
 
O Hospital Municipal de Uberlândia terá mais 10 leitos de UTI para atendimento de casos graves de COVID-19. Também foram abertos mais 25 leitos de enfermaria. O investimento nesse caso é municipal.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade