Publicidade

Estado de Minas LESTE DE MINAS

Prefeitos do G4 Vale do Aço discutem a implantação do bilhete único

O G4, grupo formado pelas cidades de Ipatinga, Coronel Fabriciano, Timóteo e Santana do Paraíso, pretende promover o desenvolvimento regional no Vale do Aço


11/02/2021 19:05 - atualizado 11/02/2021 22:04

O prefeito Marcus Vinícius, de Coronel Fabriciano (camisa preta), recebeu os prefeitos de Santana do Paraíso, Bruno Morato; Douglas Willkys, de Timóteo; e os representantes do prefeito de Ipatinga(foto: Divulgação G4)
O prefeito Marcus Vinícius, de Coronel Fabriciano (camisa preta), recebeu os prefeitos de Santana do Paraíso, Bruno Morato; Douglas Willkys, de Timóteo; e os representantes do prefeito de Ipatinga (foto: Divulgação G4)
Os prefeitos das quatro maiores cidades do Vale do Aço, que formam o G4 da Região Metropolitana, se reuniram nesta quinta-feira (11/2), em Coronel Fabriciano. Na reunião, foram discutidas a ampliação do terminal do Aeroporto Regional do Vale do Aço; a integração do transporte público na região, com bilhete único; e a inclusão de Santana do Paraíso no SAMU Regional. 

A reunião marcou o início das atividades do G4, cujo intuito é articular ações em benefício do desenvolvimento das cidades da Região Metropolitana, formada por Ipatinga, Coronel Fabriciano, Timóteo e Santana do Paraíso.

O prefeito de Coronel Fabriciano, Marcos Vinícius Silva Bizarro, foi o anfitrião e recebeu os prefeitos de Santana do Paraíso, Bruno Morato, e o prefeito de Timóteo, Douglas Willkys. Gustavo Nunes, prefeito de Ipatinga, que cumpria outra agenda oficial, não compareceu, mas enviou representante. 

O prefeito de Santana do Paraíso, Bruno Morato, disse que a meta do G4 é fortalecer a região, traçar pautas comuns e adotar estratégias de mobilização política para desenvolver as quatro cidades. 

No encontro desta quinta-feira, Morato endossou a defesa de pautas urgentes para o Vale do Aço, que interessam diretamente à população de Santana do Paraíso.

“Discutimos a necessidade de mobilizarmos em prol da expansão do terminal do Aeroporto Regional do Vale do Aço, que o colocaria em condições de ser um dos três maiores de Minas", disse. 

Morato também discutiu com os prefeitos do G4 uma outra pauta comum para os municípios da Região Metropolitana: a criação de um sistema de transporte público integrado entre os quatro municípios, com a implantação de um bilhete único.

"Esta demanda vai entrar na fase de estudos de viabilidade, mas é um projeto que já se inicia, pois é muito importante dar o primeiro passo”, disse.
 
Morato solicitou ao prefeito de Coronel Fabriciano, que é presidente do Consórcio Intermunicipal da Rede de Saúde de Urgência e Emergência da Macro Leste de Minas Gerais (Consurge), a inclusão de Santana do Paraíso no rol de municípios que contarão com base do SAMU Regional em breve. Marcos Vinícius se comprometeu que até o meio deste ano, Santana do Paraíso será atendida pelo SAMU Regional. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade