Publicidade

Estado de Minas AUMENTO

Reajuste da Petrobrás: saiba onde é vendida gasolina mais cara do Brasil

Por causa da alta internacional do petróleo, estatal anunciou nesta semana aumento nos preços dos combustíveis nas refinarias


10/02/2021 20:03 - atualizado 10/02/2021 20:23

Gasolina já passou de R$ 5 em vários estados, inclusive Minas Gerais(foto: Divulgação/Agência Brasil)
Gasolina já passou de R$ 5 em vários estados, inclusive Minas Gerais (foto: Divulgação/Agência Brasil)
 
Na semana em que a Petrobrás anunciou o reajuste nos preços dos combustíveis cobrados pelas refinarias, a gasolina com o preço mais elevado do país está no Rio Grande do Sul. A cidade de Bagé, no Rio Grande do Sul, registrou o valor mais alto, de acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo (ANP), com os preços médio (R$ 5,708) e máximo (R$ 5,819).

O valor de 19,6% é superior à média nacional (R$ 4,769) e 16,8% maior que a média no estado (R$ 4,885).
 
Outras cidades do Sul também estão com aumentos expressivos. Santana do Livramento aparece em segundo lugar na classificação estadual da ANP, com média de R$ 5,225. Pelotas é a terceira colocada, com o litro da gasolina custando R$ 5,158.
 
A ANP não monitorou os preços de todas as cidades gaúchas, mas foi possível ver aumento da gasolina acima dos R$ 5 em praticamente todo o estado. Em Ijuí, Região Noroeste, o valor mais barato encontrado nos postos foi de R$ 5,05.
 
Em Minas, segundo o site Mercado Mineiro, o valor aumentou R$ 0,53 em relação a novembro, quando era de R$ 4,482. As novas cifras médias representam crescimento de 8,53%. Ao longo da semana, vários postos já estabeleceram a marca R$ 5,09 para a gasolina.

Em nota, a Petrobrás ressaltou que os valores praticados nas refinarias pela Petrobras são diferentes dos percebidos pelo consumidor final no varejo: “Até chegar ao consumidor, são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para aquisição e mistura obrigatória de biocombustíveis pelas distribuidoras, no caso da gasolina e do diesel, além dos custos e margens das companhias distribuidoras e dos revendedores de combustíveis”.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade