Publicidade

Estado de Minas ABRE E FECHA

COVID-19: Sete Lagoas volta para Onda Vermelha e restringe comércio

Diversas atividades voltarão a funcionar três vezes por semana, como salões de beleza e academias. Bares e restaurantes têm apenas delivery liberado


22/01/2021 11:36 - atualizado 22/01/2021 12:18

Comércio em Sete Lagoas ficou aberto de forma integral apenas por uma semana, mas a partir de amanhã terá novas restrições(foto: Gabriel Felice)
Comércio em Sete Lagoas ficou aberto de forma integral apenas por uma semana, mas a partir de amanhã terá novas restrições (foto: Gabriel Felice)
Depois de uma semana na Onda Amarela, Sete Lagoas, cidade localizada na Região Metropolitana de Belo Horizonte, voltou para a Onda Vermelha e o comércio voltará a ter novas restrições a partir deste sábado (23/01). Alguns segmentos irão funcionar de forma escalonada, três vezes por semana.

Os bares, restaurantes e lanchonetes voltarão a operar apenas com sistema de delivery e retirada, não podendo realizar atendimento presencial em mesas e nem entretenimento, como música ao vivo e brinquedos para crianças.

Mesmo alguns serviços descritos na Onda Vermelha terão alguma limitação em seu funcionamento. Armarinhos, perfumarias, lojas de eletrodomésticos, de equipamentos de informática, de instrumentos musicais, telefonia e concessionárias só poderão abrir às segundas, quartas e sextas-feiras. Já os escritórios de contabilidade e de advocacia estão permitidos abrir às terças, quartas e quintas.

Na Onda Amarela, a Prefeitura de Sete Lagoas permitiu que academias, floriculturas, autoescolas, mobiliadoras, colchoarias, xerox, lojas de departamento, de tecidos, cama, mesa e banho, e de iluminação funcionem às segundas, quartas e sextas.

As lojas que vendem brinquedos, bicicletas, artigos esportivos, calçados, bijuterias e acessórios poderão abrir todas as terças, quintas e sábados. Já os salões de beleza e de estética, cabeleireiros e barbearias estão liberados para operar às quintas, sextas e sábados.

Os clubes, museus e agências de viagem estão proibidos de realizar atendimento presencial. O mesmo acontece com as escolas de dança, de música, de idiomas e de informática.

Números da COVID-19 em Sete Lagoas


De acordo com o último boletim epidemiológico municipal, emitido nesta quinta-feira (22/01), Sete Lagoas contabiliza 8.182 casos positivos de COVID-19 desde o início da pandemia. Nas últimas 24 horas foram 139 novos registros, sendo 75 mulheres e 64 homens.

Mais um óbito foi confirmado, o de um homem de 84 anos, que faleceu no último dia 20 no Hospital da Unimed. Assim, a cidade possui 116 mortes em decorrência da doença. Segundo a Secretaria municipal de Saúde, não há óbitos em investigação.

A taxa de ocupação de leitos de UTI próprios para pacientes com coronavírus caiu para 68,9%. Nesta quinta mais quatro leitos de UTI foram abertos no Hospital da Unimed.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade