Publicidade

Estado de Minas FLEXIBILIZAÇÃO

COVID-19: Sete Lagoas volta para Onda Amarela e libera comércio

Novo decreto reabre lojas, academias, salões de beleza, bares, restaurantes e lanchonetes. Parte do comércio estava operando em sistema escalonado


15/01/2021 17:14 - atualizado 15/01/2021 17:37

Decreto anterior dividia comércio em ramos e determinou dias intercalados de funcionamento(foto: Gabriel Felice)
Decreto anterior dividia comércio em ramos e determinou dias intercalados de funcionamento (foto: Gabriel Felice)
Quase duas semanas após promover um rodízio no funcionamento do comércio e proibir o consumo de alimentos e bebidas em bares, lanchonetes e restaurantes, Sete Lagoas, cidade localizada na Região Central de Minas, volta à Onda Amarela do Plano Minas Consciente e, a partir deste sábado (16/01), terá seus comércios reabertos de maneira ininterrupta.

Embora a Macrorregião que está inserida (Centro) permaneça na Onda Vermelha, a sua Microrregião (Sete Lagoas) migrou para a fase intermediária. Então, a partir de sábado, salões de beleza, academias, barbearias, bares, restaurantes, lanchonetes e feiras livres poderão operar normalmente, sem restrições de horário. 

Algumas atividades, no entanto, poderão funcionar diariamente, mas com um horário determinado. Antiquários, lojas de artigos esportivos, brinquedos, bicicletas, livrarias, papelarias, floriculturas, lojas de calçados, de tecidos e que vendem artigos para cama, mesa e banho estão autorizadas a funcionar das 8h às 16 horas.

Já as lojas de departamento, tabacarias e joalherias deverão funcionar das 10h às 16 horas. O decreto estabelece algumas medidas sanitárias específicas para algumas atividades.

No caso das feiras livres, os comerciantes estão proibidos de ofertar degustação aos clientes. As barracas deverão estar a uma distância de quatro metros e não poderão ter nenhum tipo de entretenimento, como música ao vivo ou mecânica e até mesmo a instalação de brinquedos.

As academias terão que respeitar lotação, na qual cada pessoa ocupe uma área de 10 metros quadrados. Então, se o espaço tiver 100 metros quadrados, só poderá receber 10 pessoas de cada vez. Os horários de treino deverão ser agendados e, ao longo do dia, os estabelecimentos deverão ser fechados a cada duas horas para limpeza completa.

Números da COVID-19 em Sete Lagoas

De acordo com o último boletim epidemiológico municipal, Sete Lagoas tem 7.571 casos positivos de COVID-19, sendo 127 casos registrados nas últimas 24 horas. Foram 69 mulheres e 58 homens. 

Um novo óbito foi confirmado nesta sexta-feira, elevando o número de mortes para 108. Trata-se de um paciente de 77 anos que estava internado no Hospital Municipal e faleceu no último dia 11.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI COVID-19, levando-se em conta as redes pública e privada, está em 73,3%. Nesta sexta, 42 moradores de Sete Lagoas se encontram hospitalizados, confirmados com coronavírus.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade