Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Conheça as escolhidas na vacinação em Pedro Leopoldo e Lagoa Santa

Técnica de enfermagem há 37 anos na cidade de Pedro Leopoldo e idosa de 95 anos em Lagoa Santa são os símbolos do ínicio da imunização contra a COVID-19


19/01/2021 18:05 - atualizado 19/01/2021 23:01

O ato simbólico foi marcado pela escolha de mulheres(foto: Divulgação: Prefeitura de Pedro Leopoldo)
O ato simbólico foi marcado pela escolha de mulheres (foto: Divulgação: Prefeitura de Pedro Leopoldo)
A técnica de enfermagem Gerusa dos Santos Caldeira Costa, de 59 anos, é a primeira moradora de Pedro Leopoldo, Região Metropolitana de Belo Horizonte, a tomar a vacina contra a COVID-19. Mãe de duas filhas, Gerusa dedica há 37 anos nos cuidados com a imunização dos pedroleopoldenses, em um posto de saúde da cidade. Agora é a vez dela de receber o primeiro cuidado.

 

A escolha pela técnica, no ato simbólico que aconteceu nesta terça-feira (19), no Centro Municipal de Imunização, se deve por a ela ser a funcionária na ativa que mais tempo trabalha na saúde. Logo após a também técnica de enfermagem, Elza Hilário participou foi imunizada.

 

“É uma emoção muito grande, estou sem palavras. Depois de 37 anos vacinando a comunidade de Pedro Leopoldo passei por várias situações na cidade, mas nesses 10 meses de pandemia vi muitos colegas morrerem vítimas da COVID-19 e, hoje, me sinto emocionada em receber a primeira dose, diz Gerusa”.

 

A cidade vai receber, na primeira fase, 417 doses da vacina CoronaVac. De acordo com a Secretaria de Saúde de Pedro Leopoldo, a quantidade de doses conseguirão atender, nesta primeira fase, apenas o grupo prioritário definido pelo Ministério da Saúde.

 

Após o ato simbólico, a imunização acontecerá nesta terça-feira (19/01) e na quarta-feira (20/01). Serão imunizados todos os profissionais da linha de frente que trabalham no Hospital Municipal da cidade, todos os idosos abrigados no Lar para Idosos Irmã Tereza, conhecido como Laiite e, ainda, trabalhadores de saúde que atuam na Maternidade Dr. Eugênio Gomes de Carvalho.

 

Ainda segundo a Secretaria de Saúde, a cidade já está totalmente preparada para realizar as primeiras etapas da vacinação, já tendo disponíveis mais de 21 mil seringas e insumos, além de câmeras frias apropriadas, plano de contingência e técnicos já treinados.

 

Lagoa Santa

 

Com 95 anos, Palmira Venâncio é a primeira a ser imunizada em Lagoa Santa(foto: divulgação/ Lar São Vicente)
Com 95 anos, Palmira Venâncio é a primeira a ser imunizada em Lagoa Santa (foto: divulgação/ Lar São Vicente)
Em Lagoa Santa, também na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a escolhida para iniciar a vacinação na cidade foi a moradora do Lar dos Idosos Sagrado Coração de Jesus, da Sociedade São Vicente de Paulo. Com 95 anos, Palmira Venâncio foi escolhida para ser a primeira a receber a dose da CoronaVac.

 

O ato aconteceu nesta terça-feira (19/01) dentro do Lar dos Idosos e, segundo a Secretaria de Saúde, foi montada uma estrutura isolada da casa onde os idosos residem para atender as normas de segurança. Na ocasião também foram vacinados outros cinco profissionais que atuam na linha de frente no combate à COVID-19 na cidade.

 

Após o ato simbólico, os outros 28 idosos do asilo também foram vacinados. De acordo com a Secretaria de Saúde de Lagoa Santa, a cidade recebeu 666 doses do imunizante.

 

Na sequência, a equipe de vacinação vai vacinar os profissionais da saúde que estão na linha de frente, como os profissionais do Hospital da Aeronáutica e da Santa Casa de Lagoa Santa.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade