Publicidade

Estado de Minas LESTE DE MINAS

De máscara, 70% dos alunos convocados voltam às aulas em Coronel Fabriciano

Prefeitura esperava receber 7 mil alunos. Adesão de 70% dos convocados foi comemorada pelos gestores da educação. Além das máscaras, alunos usaram face shields


19/01/2021 10:11 - atualizado 19/01/2021 10:43

Na sala de aula, o novo normal da educação. Crianças usando máscaras faciais de tecido e face shield, a proteção plástica sobre o rosto(foto: Prefeitura de Coronel Fabriciano/Divulgação)
Na sala de aula, o novo normal da educação. Crianças usando máscaras faciais de tecido e face shield, a proteção plástica sobre o rosto (foto: Prefeitura de Coronel Fabriciano/Divulgação)
O retorno das aulas presenciais em Coronel Fabriciano, na segunda-feira (18/1), aconeteceu em 19 das 24 escolas e creches do município. Segundo levantamentos da Secretaria de Governança Educacional, a volta dos alunos atingiu 70% do número esperado, de acordo com a Prefeitura. A previsão era receber 7 mil estudantes.

A novidade foi o uso dos acessórios pelos alunos nas salas de aulas. Todos estavam com máscaras faciais, cobrindo nariz e boca, e, além disso, usavam o face shield, a proteção facial de plástico, entregue a cada um deles na entrada.

Os alunos tiveram a temperatura corporal aferida e higienizaram as mãos com álcool em gel. Nas salas as carteiras foram distanciadas e o professor usou os mesmos equipamentos de proteção facial que os alunos usavam.

Para ir ao banheiro, somente um aluno foi liberado por vez e a merenda foi disponibilizada de forma escalonada por turma, para evitar aglomerações.

Ao contrário do período experimental para volta às aulas presenciais, realizado entre 23 de novembro e 18 de dezembro de 2020, a presença dos alunos às aulas agora é obrigatórias e determinante para a conclusão do ano letivo do estudante. Quem não comparecer às aulas terá a falta anotada.
 
A Prefeitura informou que os estudantes da educação infantil (4 e 5 anos) e do ensino fundamental, (1º ao 9º ano) retomaram os estudos por decisão do Prefeito Municipal e da Secretaria de Governança Educacional após ouvir os pais de alunos. A maioria, segundo a Prefeitura, pediu a volta às aulas.

De acordo com as autoridades locais, também foram ouvidos o Conselho Municipal de Educação e profissionais da área da saúde, que deram o aval, observando as medidas adotadas pelo município no combate à COVID-19. 
 
O Secretário de Governança Educacional, Carlos Alberto Serra Negra, informou que a educação e a saúde vão caminhar de mãos dadas e adotar outras medidas, caso necessário. O Prefeito de Coronel Fabriciao, Marcos Vinícius da Silva Bizarro (PSDB), disse que a impressão deixada no primeiro dia foi altamente positiva. “A impressão que eu tenho é que todos estão entendendo como lidar no dia-a-dia com o vírus e ter segurança,” disse.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade