Publicidade

Estado de Minas ESTRAGOS

Asfalto da Avenida Tereza Cristina, em BH, é arrancado novamente pela água

Via foi palco de alagamento na tarde desta sexta-feira (15/01). Transbordamento do Arrudas chegou a levar um caminhão de pequeno porte


15/01/2021 22:19 - atualizado 15/01/2021 22:32

Parte da Avenida Tereza Cristina teve o asfalto arrancado pela força das águas nesta sexta-feira (15/01)(foto: Neylon Silvério)
Parte da Avenida Tereza Cristina teve o asfalto arrancado pela força das águas nesta sexta-feira (15/01) (foto: Neylon Silvério)
Um ano depois das fortes chuvas que atingiram Belo Horizonte, as cenas voltaram a se repetir na tarde desta sexta-feira (15/01), quando vários pontos de alagamento foram registrados na capital mineira. Na Avenida Tereza Cristina, na Região Oeste da cidade, a força da água que transbordou do Ribeirão Arrudas arrancou novamente o asfalto de parte da via.

A chuva, que caiu por quatro horas na capital mineira, deixou várias marcas na avenida, como lixo espalhado, veículos abandonados e o asfalto arrancado, assim como em 2020. Vídeos obtidos pelo Estado de Minas mostram o estrago feito pelas águas na Tereza Cristina com Via 210, na altura do Bairro Betânia.

Foi na Região Oeste de BH que caiu a maior parte da chuva na capital mineira, com 80,2 milímetros de água.Vídeos publicados nas redes sociais mostraram um caminhão de pequeno porte sendo arrastado pelas águas. Outros veículos conseguiram sair a tempo da via, que chegou a ser bloqueada pela Defesa Civil.

De acordo com a BHTrans, a Avenida Tereza Cristina está liberada no sentido centro, a partir da Rua Minasgás (sentido Centro), e até a Rua Dom João VI (sentido bairro). Os motoristas devem ficar atentos aos desvios e sinalizações.

ACUMULADO DE CHUVAS (mm), nas últimas 4 horas. Em 15/01/21 às 18h30:
 
Barreiro: 73,6 (22,4%)
Centro Sul: 51,0 (15,5%)
Leste: 8,8 (2,7%)
Nordeste: 18,4 (5,6%)
Noroeste: 68,6 (20,8%)
Norte: 1,0 (0,3%)
Oeste: 80,2 (24,4%)
Pampulha: 26,2 (8,0%)
Venda Nova: 1,4 (0,4%)
 
ACUMULADO DE CHUVAS (mm) em JANEIRO até 18h30 do dia 15:
 
Barreiro: 264,6 (80,4%)
Centro Sul: 395,0 (120%)
Leste: 238,4 (72,4%)
Nordeste: 286,4 (87%)
Noroeste: 347,2 (105,5%)
Norte: 212,8 (64,7%)
Oeste: 350 (106,4%)
Pampulha: 268,2 (81,5%)
Venda Nova: 218,2 (66,3%)
 
Fonte: Defesa Civil de Belo Horizonte


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade