Publicidade

Estado de Minas

Pego com arma e 15kg de droga, homem alega ter sido ameaçado por traficante

Suspeito levou um tiro na perna e está hospitalizado, sob escolta policial; dívida com traficante seria de R$ 70


13/01/2021 12:41 - atualizado 13/01/2021 13:34

Suspeito está hospitalizado no Risoleta Neves, sob escolta policial(foto: Alexandre Guzanshe/EM)
Suspeito está hospitalizado no Risoleta Neves, sob escolta policial (foto: Alexandre Guzanshe/EM)
Flagrado com uma arma e cerca de 15kg de maconha dentro do carro, depois de intensa perseguição, um homem acabou preso nesta terça-feira (12/1) após trocar disparos com a PM e ser baleado. Aos militares, ele alegou ter sido obrigado a transportar o enterpecente por um traficante, que o vinha ameaçando de morte. 

A Polícia Militar recebeu a informação de que uma pessoa estaria transportando arma de fogo e drogas de Vespasiano a Belo Horizonte em um Ford Ka pela MG-10, por volta das 22h desta terça-feira (12/01). Diante disso, a polícia parou a viatura na rodovia para esperar o veículo. 

Após algum tempo, a PM avistou o Ford Ka, que ao ver o giroflex e a sirene da polícia iniciou a fuga. Ao entrar na região de Venda Nova, o condutor usou a contramão em várias ruas, colocando em risco alguns pedestres que estavam na região

Uma viatura fechou a Rua Doutor Álvaro Campos a espera do veículo, que não reduziu a velocidade. O policial que estava parado em frente a viatura efetuou dois disparos que atingiram o para-brisa do carro.

Sem alternativa, o motorista freou, desceu do veículo e tentou fugir a pé. Ao ver o militar se aproximando, tentou sacar a arma que estava no bolso, para impedir o ato, o policial efetuou mais um disparo, desta vez na perna esquerda do homem, que caiu no chão. 

Foram recolhidos 11 barras de maconha, totalizando quase 15 kg da droga, um celular, um carregador da marca taurus, 9 cartuchos de 9mm e uma pistola Taurus PT 9mm. O veículo Ford Ka foi apreendido e levado para o pátio. 

O autor do crime, de 33 anos, foi levado para o pronto-socorro do Hospital Risoleta Neves, sem risco de morte. Aos militares, ele contou que foi até a cidade de Vespasiano buscar a droga para um traficante que o estaria ameaçando de morte por estar devendo R$70 reais. 

A Polícia dispensou a perícia e a ocorrência foi finalizada no 49º Batalhão de Polícia Militar. O suspeito está sob cuidados médicos e escolta policial.

*Estagiária sob supervisão do subeditor Frederico Teixeira


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade