Publicidade

Estado de Minas FIM DE ANO

Poços de Caldas prorroga suspensão de atividade e libera eventos na cidade

Decreto restringe o limite de 30 pessoas em casas de festas; nova medida será válida até o dia 7 de janeiro


29/12/2020 17:54 - atualizado 29/12/2020 18:16

Prefeitura de Poços de Caldas recebeu pressão de organizadores de eventos na cidade(foto: Tripadvisor/divulgação)
Prefeitura de Poços de Caldas recebeu pressão de organizadores de eventos na cidade (foto: Tripadvisor/divulgação)
A Prefeitura de Poços de Caldas, no Sul de Minas, prorrogou a suspensão temporária de atividades de risco e liberou o funcionamento de casas de festas e eventos na cidade. O novo decreto foi publicado nesta terça-feira (29/12) e vai valer até o dia 7 de janeiro.

 

O documento, publicado pela prefeitura, liberou o funcionamento de casas de festas e eventos na cidade com limite de 30 pessoas. A decisão foi tomada pelo Comitê Extraordinário de Combate à COVID-19. Após o período determinado, será realizada uma nova análise no município.

 

“Aqui é uma cidade turística. A pressão foi grande para o fim de ano. Os hotéis, por exemplo, podem receber 60% da capacidade e estão colaborando com as medidas de prevenção ao novo coronavírus. A pressão maior foi por parte dos eventos, que queriam quase uma liberação completa. Mas liberamos o limite de 30 pessoas nas casas de eventos. Temos espaços grandes na cidade e acreditamos que esse numero não vá promover aglomerações”, explica o Secretário de Saúde, Carlos Mosconi.

 

Mas o documento prorroga o fechamento de cinemas e proíbe banhos termais, por exemplo. Os bares e restaurantes poderão funcionar apenas com 40% da ocupação.  

 

“Esses estabelecimentos estão abertos com restrições. Ninguém fica em pé, todos sentados e seguindo as regras da Vigilância Sanitária. Não há nenhum risco de fechamento das coisas. Há certo receio de que a cidade vai fechar de novo, mas não há razão epidemiológica para isso”, completa.


Réveillon cancelado na cidade

 

Poços de Caldas segue com 2.705 casos do novo coronavírus, sendo 81 mortes confirmadas pela doença. “A situação está sob controle. Tivemos aumento dos casos positivos, mas não foi correspondente ao aumento de número de leitos de UTI. Estamos com 40% dos leitos ocupados e controlando”, afirma.

 

Mas por medida de segurança, a prefeitura cancelou o tradicional réveillon na cidade. “Todas as comemorações da prefeitura foram suspensas, inclusive queima de fogos. Até a posse do prefeito vai ser limitada a 30 pessoas, que é o que permite o decreto”, ressalta.

 

 

 

 

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade