Publicidade

Estado de Minas LESTE DE MINAS

Dezembro Vermelho: Vale do Aço inicia ações educativas contra DSTs

Coronel Fabriciano e Ipatinga, as duas maiores cidades da região, estão desenvolvendo iniciativas para reduzir o contágio de doenças sexualmente transmissíveis


01/12/2020 20:04 - atualizado 01/12/2020 21:04

Os testes rápidos para detectar se a pessoa está contaminada com o vírus de doenças sexualmente transmissíveis, já estão sendo feitos(foto: Divulgação PMCF)
Os testes rápidos para detectar se a pessoa está contaminada com o vírus de doenças sexualmente transmissíveis, já estão sendo feitos (foto: Divulgação PMCF)
Coronel Fabriciano e Ipatinga, as duas maiores cidades do Vale do Aço, lançaram nesta terça-feira (01/12), Dia Mundial da Luta contra a AIDS, as campanhas educativas e preventivas que serão desenvolvidas durante o mês de dezembro, considerado o Dezembro Vermelho.

Em Coronel Fabriciano, a campanha nacional que visa prevenir doenças sexualmente transmissíveis, consideradas infecções graves, como a Aids, sífilis e as hepatites virais B e C, está sendo desenvolvida no NEPS – Núcleo Especializado de Programas de Saúde e nas Unidades Básicas (UBS’s).
 
O Secretário de Governança da Saúde, Ricardo Cacau, disse que a situação de Coronel Fabriciano não é diferente do restante do país, onde as infecções têm crescido, principalmente a sífilis. Segundo ele, a rede de saúde se estruturou para que o atendimento esteja ao alcance de todos. 

“A gente previne com o teste rápido e encaminha os casos confirmados para tratamento imediato. Nossa rede de saúde está preparada para a prevenção e também para orientar todos que necessitarem”, disse, lembrando que o preservativo está à disposição de todos nas unidades de saúde gratuitamente.

Durante a campanha serão distribuídos preservativos femininos e masculinos e folhetos com informações sobre as doenças. Em todo o mês de dezembro as unidades básicas de saúde vão realizar testes rápidos nos pacientes que desejarem o procedimento. O teste utiliza 4 kits de análise rápida que processam o exame com apenas uma gota de sangue. Entre 15 a 30 minutos sai o resultado. Se qualquer doença for confirmada, a pessoa é encaminhada na hora para uma equipe especializada.

Testes grauitos em Ipatinga


Em Ipatinga, os testes para detectar as doenças sexualmente transmissíveis (DST) tiveram início hoje e estão sendo realizados por profissionais do Centro de Controle de Doenças Infecto-Parasitárias (CCDIP), sempre de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 17h. Para participar, basta que a pessoa compareça à sede do CCDIP, situada na avenida Kiyoshi Tsunawaki, nº 50, no Cariru. O interessado deve levar um documento com foto. O exame é gratuito, seguro e sigiloso.

A gerente do Centro de Controle, Magali Lima Siqueira, alerta que “quanto antes a sorologia positiva para o HIV for diagnosticada, maior será a expectativa de vida de uma pessoa portadora do vírus. Quem se testa com regularidade, busca tratamento no tempo certo e segue as recomendações da equipe de saúde, ganha muito em qualidade de vida”, observa.

De acordo com dados do Departamento de Vigilância em Saúde do município, em 2019, foram notificados 64 novos casos de HIV/Aids. Em 2020, já são 56 novos casos registrados até o mês de novembro. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade