Publicidade

Estado de Minas ECSTASY

Polícia Civil prende traficante que vendia drogas pesadas em bailes funk de BH

O suspeito preso tem 20 anos e passagens por porte ilegal de arma e tráfico de drogas


26/10/2020 17:53 - atualizado 26/10/2020 18:34

Foram apreendidos 1.500 comprimidos de ecstasy, uma porção grande de MDMA cristalizado e uma porção de maconha(foto: Polícia Civil/Divulgação)
Foram apreendidos 1.500 comprimidos de ecstasy, uma porção grande de MDMA cristalizado e uma porção de maconha (foto: Polícia Civil/Divulgação)

Um jovem de 20 anos, apontado como fornecedor de ecstasy e MDMA em bailes funk, droga com potentes efeitos estimulante e alucinógeno, foi preso em BH, na manhã desta segunda-feira (26), pela Polícia Civil.

O monitoramento desse homem já era feito há algum tempo pelo Departamento de Inteligência da Polícia Civil. Esse acompanhamento levou à indicação de que uma carga de Ecstasy seria entregue no Bairro Estrela Dalva, em Contagem, pelo investigado.

Foi montada uma campana de vigilância velada em pontos estratégicos do aglomerado. No momento da entrega, os policiais flagraram o suspeito, que tinha em seu poder 1.500 comprimidos de ecstasy, uma porção grande de MDMA cristalizado e uma porção de maconha.

Segundo os detetives, o suspeito já tinha sido preso outras vezes, por porte ilegal de arma e tráfico de drogas. Segundo o delegado Rodolpho Tadeu e o subinspetor Daniel Fernandes, que coordenaram as investigações, o objetivo agora é descobrir a origem dos comprimidos e a identificação de mais pessoas ligadas ao traficante.

Os efeitos do MDMA

Segundo policiais, o usuário coloca o MDMA no dedo e leva o conteúdo direto à língua, mas há quem prefira diluí-lo na água. O consumo não ocorre escondido, pelo contrario. O viciado gasta cerca de 30 segundos. O efeito é sentido entre dez e 20 minutos, chegando ao cérebro. Nas horas seguintes, os usuários vão experimentar seus potentes efeitos estimulantes e alucinógenos. Inundado pela química que altera a regulação dos neurotransmissores, o organismo fica em estado de hipersensibilidade, o que amplia percepções como o sentimento de prazer.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade