Publicidade

Estado de Minas Autores identificados

Polícia Civil prende homem que incendiou terreno em Andradas

O sobrinho do suspeito também participou da ação, mas não foi detido porque é menor de idade


20/10/2020 12:41 - atualizado 20/10/2020 15:04

Área destruída fica próxima a casas; moradores que tiveram que apagar o incêndio(foto: Paulo Torres/Divulgação )
Área destruída fica próxima a casas; moradores que tiveram que apagar o incêndio (foto: Paulo Torres/Divulgação )

A Polícia Civil conseguiu identificar os dois suspeitos que atearam fogo em um terreno baldio na semana passada, em Andradas, no Sul de Minas. A prisão aconteceu no fim de semana, mas foi divulgada pela polícia nessa segunda-feira (19).

 

O crime foi registrado por uma câmera de segurança e deixou os moradores do Bairro Portal Mantiqueira revoltados. 

 

Os envolvidos são um homem de 29 anos e o sobrinho dele, um menor de 16. De acordo com os policiais, o mais velho teria sido reconhecido nas imagens. Após algumas denúncias, foram cumpridos mandados de busca e apreensão na casa do suspeito onde foi encontrado o documento de identidade do adolescente que teria participado da ação.

 

A informação é que a dupla tenha incendiado outros terrenos na cidade.

Também no local, a polícia encontrou um cartão de banco que havia sido roubado de um motorista de transporte por aplicativo no dia 23 de setembro. A vítima desse caso teria reconhecido o homem. 

 

A Polícia Civil informou que concluiu inquérito sobre os dois casos e que o adolescente não foi apreendido. O nome do tio dele não foi divulgado, mas segundo a delegada responsável, Michele Cristina da Rocha, o homem foi encaminhado ao presídio. Ele deve responder por crime ambiental que tem pena de um a quatro anos de reclusão e multa. (Helena Lima/ Especial para o EM)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade