Publicidade

Estado de Minas IMPRUDÊNCIA EM MINAS

PRF registra 17 mortes e mais de 200 feridos em acidentes durante feriado

Balanço das rodovias federais no estado soma mais de 500 ultrapassagens proibidas e mais de 300 motoristas sem cinto de segurança


13/10/2020 17:49 - atualizado 13/10/2020 18:24

Uma mulher de 35 anos morreu, e outras duas pessoas ficaram gravemente feridas em um acidente em Itabirito, Região Central de Minas Gerais, na manhã de domingo (11) (foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)
Uma mulher de 35 anos morreu, e outras duas pessoas ficaram gravemente feridas em um acidente em Itabirito, Região Central de Minas Gerais, na manhã de domingo (11) (foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)


As estradas de Minas voltaram a ficar violentas. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou balanço da Operação Nossa Senhora Aparecida 2020. Pelo menos 17 pessoas morreram e outras 217 ficaram feridas no período de 9 a 12 de outubro, que marcou o feriado prolongado por causa da data consagrada à padroeira do Brasil e também Dia das Crianças. Nas rodovias estaduais, a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) registrou 122 acidentes com vítima.

O dia com maior número de acidentes foi a sexta-feira (9), com 44 ocorrências. Esse dado foi caindo ao longo dos dias, seguido de 36 no sábado, 31 no domingo e 29 na segunda-feira. Ao todo, foram registrados 141 acidentes nas rodovias federais.

Dos 15 acidentes fatais, 10 deles ocorreram por colisão frontal. Três deixaram vítimas por colisão traseira. Um tombamento seguido de colisão e outra saída de pista também provocaram mortes.

Durante o período, os agentes federais fizeram o direcionamento e reforço do policiamento ostensivo preventivo em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e ocorrências criminais – final da tarde e início da noite de sexta-feira (9); manhã de sábado (10) e durante a tarde e a noite de segunda (12).

Foram realizadas fiscalizações pelas equipes da PRF com foco em embriaguez ao volante, ultrapassagens proibidas e o controle de velocidade. O transporte de crianças e o trânsito de motocicletas também foram alvo de fiscalizações específicas da PRF. Foram fiscalizados 8.723 veículos. Confira o balanço:

  • Multas por ultrapassagens proibidas: 510
  • Multas por condutor sem cinto de segurança: 380
  • Multas por passageiro sem cinto de segurança 166
  • Multas por crianças sem usar a cadeirinha: 36
  • Multas por embriaguez: 24
  • Prisões por embriaguez: 3

“A PRF fez o que estava no alcance dela e o que dava para fazer”, afirmou o inspetor Aristides Júnior, porta-voz da PRF.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade