Publicidade

Estado de Minas ABANDONO

Menino de 2 anos é encontrado sozinho na rua na Região do Barreiro

Os guardas levaram a criança para a unidade do Conselho Tutelar que fica na Rua Tupis, no Centro da capital


09/10/2020 17:10 - atualizado 09/10/2020 18:04

Mãe da criança informou à polícia que havia dois dias que o filho estava com o pai(foto: Redes Sociais/Reprodução)
Mãe da criança informou à polícia que havia dois dias que o filho estava com o pai (foto: Redes Sociais/Reprodução)
O encontro de uma criança de apenas dois anos sozinha em uma rua na Região do Barreiro, em Belo Horizonte, mobiliza autoridades desde a quinta-feira (8). A criança foi acolhida por uma moradora e levada pela Guarda Municipal a uma unidade do Conselho Tutelar. Os pais já foram identificados. 

Segundo a Secretaria Municipal de Segurança e Prevenção da capital, por volta das 15h40 de quinta, guardas municipais foram chamados por uma mulher viu o menino andando sozinho pela Avenida Visconde de Ibituruna. Ele estava com as roupas sujas e não chorava.

Ela levou a criança para o local onde trabalha, deu banho e o alimentou. O menino não sabia dizer o próprio nome e estava sem documentos. Ao ver guardas municipais que faziam ronda na região, ela pediu ajuda e contou o que estava acontecendo.

Os guardas levaram a criança para a unidade do Conselho Tutelar que fica na Rua Tupis, no Centro da capital. 

Durante a noite, por volta das 23h30, a Polícia Militar (PM) também registrou um boletim de ocorrência sobre o caso. As informações sobre a localização do menino já circulavam pelas redes sociais e veículos de imprensa.

Uma equipe que estava em patrulhamento acabou recebendo uma foto do suposto pai da criança, que seria o responsável pelo abandono. Os policiais conseguiram um endereço da família e foram ao local, na mesma região.

Uma familiar disse que o homem usa drogas e bebidas e que sabia do descaso dele e a da mãe em relação ao menino. A mulher teria outros três filhos na mesma situação.

Os policiais, então, foram ao endereço da mãe, que disse ter deixado o menino com o pai dois dias antes. Eles procuraram por bares e outros locais, mas não encontraram o homem. A mãe e a outra mulher foram levadas para uma delegacia onde a ocorrência foi registrada. 

Pai ainda não foi localizado


Segundo a Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, a criança está em uma unidade de acolhimento da Prefeitura de Belo Horizonte.

“O menino estava sob os cuidados do pai. A mãe foi localizada e compareceu nesta manhã (9) ao Conselho Tutelar do Barreiro, sem documentação pessoal. Foi orientada a retornar com a documentação pessoal para que seja avaliada a situação. O pai não foi localizado”, informou a secretaria.

“Os encaminhamentos da família para os serviços socioassistenciais do município já foram iniciados, assim como para o sistema de Justiça”, conclui. 

A PCMG, por meio da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente, abriu inquérito para verificar a situação de maus-tratos e abandono relativos aos demais filhos da mulher. Ela pode responder criminalmente. 
 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade