Publicidade

Estado de Minas 'OPERAÇÃO LOOP'

Polícia Federal desmancha esquema de contrabando e falsificação na RMBH

O grupo criminoso era investigado por comércio ilegal de veículos de origem estrangeira e de possíveis desvios de mercadorias


06/10/2020 17:24 - atualizado 06/10/2020 17:49

Material apreendido pela Polícia Federal durante a operação(foto: Divulgação/ Polícia Federal (PF))
Material apreendido pela Polícia Federal durante a operação (foto: Divulgação/ Polícia Federal (PF))
 
A Polícia Federal (PF) realizou, na manhã desta terça-feira (6), com o apoio de agentes da Receita Federal, a 'Operação Loop', que tinha como objetivo desarticular um grupo suspeito de contrabando, descaminho e falsificação de materiais na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).

De acordo com a PF, foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão, expedidos pela 4ª Vara Federal de Belo Horizonte, sendo cinco na capital mineira e um em Prudente de Morais, município localizado na Região Central do estado.

Ainda segundo a polícia, as investigações tiveram início em maio de 2018, com base em informações apuradas pela Polícia Civil sobre comércio ilegal de veículos de origem estrangeira e de possíveis desvios, envolvendo mercadorias estrangeiras ilícitas.

A Polícia Federal descobriu que o grupo investigado atuava há anos e já respondia por tais crimes em outros inquéritos policiais da própria PF, além de processos judiciais.

Caso o envolvimento dos suspeitos seja comprovado na Justiça, os integrantes da quadrilha poderão responder por crimes de falsificação, associação criminosa, descaminha e contrabando. As penas podem chegar a 13 anos de reclusão.

*Estagiário sob supervisão do subeditor Daniel Seabra


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade