Publicidade

Estado de Minas CONSCIENTIZAÇÃO

Outubro Rosa: Santa Casa de BH recebe iluminação em apoio à campanha

Centro de Especialidades Médicas SCBH e Hospital São Lucas também foram iluminados. Além disso, diversas ações serão realizadas durante o mês


02/10/2020 20:09 - atualizado 02/10/2020 21:48

Fachada da Santa Casa de BH totalmente iluminada com luzes rosas em apoio à Campanha do Outubro Rosa(foto: Reprodução/Comunicação Institucional da Santa Casa BH)
Fachada da Santa Casa de BH totalmente iluminada com luzes rosas em apoio à Campanha do Outubro Rosa (foto: Reprodução/Comunicação Institucional da Santa Casa BH)
 
A fachada da Santa Casa BH, maior hospital filantrópico de Minas Gerais, que fica na Região Leste da capital, está iluminada com luzes rosas em apoio à Campanha Outubro Rosa. O Centro de Especialidades Médicas SCBH e o Hospital São Lucas também aderiram à campanha. A ação visa conscientizar as mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e do câncer de colo do útero.
 
Outra iniciativa será a realização de trabalhos internos com as profissionais de saúde e com as pacientes oncológicas. No dia 16 de outubro será promovido um bate-papo para as funcionárias do Instituto de Oncologia. A palestra, com o tema “Câncer de Mama - Cuidando de quem cuida”, será ministrada pela oncologista Dra. Carolina Jacobina.
 
 

Especialistas explicam

A mastologista fellow da Santa Casa BH, Dra. Paula Clarke, esclarece que o sucesso do tratamento vem a partir do diagnóstico precoce. Disse ainda que, quando a doença é diagnosticada na fase inicial, as taxas de sobrevivência e cura são maiores. Além disso, o tratamento é menos agressivo, possibilitando cirurgias menores e evitando, em certos casos, a realização de quimioterapia.
 
Segundo a Sociedade Brasileira de Mastologia, a pandemia da COVID-19 reduziu 70% dos atendimentos especializados na rede pública e privada de saúde. Diante disso, muitos diagnósticos deixaram de ser feitos, trazendo uma preocupação aos profissionais da saúde. “Isso reflete na queda do número de diagnósticos de câncer de mama e de consultas para avaliação das mamografias de rastreamento e acompanhamento de quem já iniciou o tratamento, além do adiamento e cancelamento de algumas cirurgias. Com a diminuição do número de consultas nesse período de pandemia, estima-se que nos próximos meses aumente o número de casos da doença em estágios mais avançados”, esclarece Dra. Paula. 
 
A Dra. Maria Inês de Miranda Lima, chefe do Serviço de Ginecologia da Santa Casa BH, destaca que o câncer de colo de útero é uma das principais causas de morte entre as mulheres brasileiras. Frisa que, por causa desse índice, o exame de prevenção é muito importante. “O Papanicolau é a principal arma na prevenção da doença e pode ser tratado precocemente", explica.  
 

O exame

O exame de mamografia ajuda a detectar nódulos ou lesões que podem estar relacionados ao câncer de mama. Diante disso, o Ministério da Saúde (MS) aconselha que mulheres de 50 a 69 anos façam o exame de dois em dois anos. 
 
A Santa Casa BH oferece o exame pelo SUS, sendo considerado um dos melhores locais para a realização. Para marcar, basta ir ao Posto de Saúde mais próximo para receber o encaminhamento para as instituições que prestam o serviço. 
 
Sobre o Papanicolau, ele tem a função de identificar as doenças do colo do útero e infecções vaginais. Conforme o MS, é recomendado que mulheres de 25 a 64 anos, que já tenham iniciado a atividade sexual, façam o exame anualmente. Ele é ofertado pelo SUS nas Unidades Básicas de Saúde.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade