Publicidade

Estado de Minas Queimadas

Onça parda assusta moradores em área urbana de Congonhas

O animal foi resgatado pelos bombeiros de Congonhas no quintal de uma casa


02/10/2020 14:50 - atualizado 02/10/2020 20:45

A onça havia pulado o muro da casa e estava acuada, atrás de uma caixa d'água(foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros de Minas Gerais )
A onça havia pulado o muro da casa e estava acuada, atrás de uma caixa d'água (foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros de Minas Gerais )
Uma onça parda fêmea foi resgata pelos bombeiros, em área residencial de Congonhas, na Região Central do estado, na manhã desta sexta-feira (2). O animal, de cerca de 50 Kg, porte adulto, estava bastante agitado, mas não feriu os militares, moradores e nem se machucou na operação.

Segundo o Corpo de Bombeiros da cidade, que atendeu ao chamado feito por volta das 5h, as constantes queimadas desta época do ano tem causado a fuga desses animais para as zonas urbanas. 


A onça havia pulado o muro de uma casa, no Bairro Santa Mônica, e estava acuada, nos fundos do quintal, atrás de uma caixa d’água. De acordo com o sargento Rogério Mesquita, que comandou os trabalhos, a onça estava agressiva

“O animal era muito forte também. Nem mesmo um cão da raça rottweiller, do morador da casa, se atreveu a encará-lo”, diz o sargento.

Com Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs) e o auxílio de um cambão – uma espécie de enforcador –, os três militares da equipe conseguiram capturar o felino e colocá-lo numa gaiola, em segurança e sem danos.



Em seguida, o animal foi levado para Posto Avançado dos Bombeiros de Congonhas, onde a equipe do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) iria assumir o resgate.

A onça seria levada ao veterinário e, posteriormente, solta em uma área isolada, de preservação ambiental, distante da zona urbana.

Com Equipamentos de Proteção Individuais e o auxílio de um cambão os militares conseguiram capturar o felino e colocá-lo numa gaiola(foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros de Minas Gerais )
Com Equipamentos de Proteção Individuais e o auxílio de um cambão os militares conseguiram capturar o felino e colocá-lo numa gaiola (foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros de Minas Gerais )

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade