Publicidade

Estado de Minas Drive Thru

Farmacêuticos montam posto de coleta para recolher medicamentos vencidos

No Dia Internacional do Farmacêutico, profissionais da área farão coleta de remédios que ultrapassaram a data ou estão em desuso


24/09/2020 14:54 - atualizado 24/09/2020 15:46

(foto: Pixnid/Reprodução)
(foto: Pixnid/Reprodução)
Como forma de lembrar o Dia Internacional do Farmacêutico, sexta-feira (25), o Conselho Regional de Farmácia de Minas Gerais (CRF/MG) promove um 'drive thru',  para recolher medicamentos domiciliares vencidos, ou sem uso, em um posto de coleta que será instalado em frente ao Palácio da Inconfidência da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), apoiadora da ação, que conta com parceria da Associação de Farmácias Drogarias (Asfad) e da CR Biologic.
Das 9h às 14h, a população pode descartar os medicamentos de forma segura e correta nos coletores que estarão disponíveis na Rua Rodrigues Caldas, na porta principal da ALMG. Todo o material recolhido ficará a cargo da CR Biologic, que dará destinação final aos produtos.
 
Batizado como "O Traga de Volta", o programa do CRF/MG tem o propósito de  estabelecer parcerias com farmácias, drogarias e outros serviços de saúde, para que a população tenha a opção de descarte dos medicamentos vencidos ou inutilizados. Para saber mais sobre o programa, acesse o site.

O descarte inadequado de medicamentos é um problema de saúde pública e desde 2011 vem sendo discutido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Ministério da Saúde, que tentam implantar a logística de recolhimento desses medicamentos.
 
De acordo com a Anvisa, cerca de 30 mil toneladas de remédios são jogados fora pelos consumidores a cada ano no Brasil. E o descarte incorreto gera risco sanitário, com o aproveitamento desses medicamentos vencidos, que podem desencadear intoxicações, reações alérgicas e até a morte, e risco ambiental, com a contaminação do solo e da água.
 
A presidente do CRF/MG, Júnia Célia de Medeiros, lembra que várias tentativas foram realizadas para efetivar acordos setoriais, com responsabilidades compartilhadas entre os entes da cadeia de medicamentos, desde a indústria até o consumidor final, mas sem êxito.
 
Em 5 de junho, o decreto presidencial 10388/2020 regulamentou e instituiu o sistema de logística reversa de medicamentos vencidos ou em desuso, de uso humano, industrializados e manipulados e de suas embalagens, após o descarte pelos consumidores, mas ele entra em vigor somente a partir de dezembro.  

Maneira incorreta

Júnia Medeireos explica que as pessoas descartam os medicamentos de maneira incorreta, no lixo ou nas redes de esgoto, muitas vezes, por desinformação ou por falta de opção de locais apropriados. “E o farmacêutico pode contribuir muito para reverter essa situação, fazendo seu papel sanitário, orientando a população sobre o armazenamento correto dos medicamentos, sobre a compra da dosagem necessária, orientar sobre os riscos da automedicação e os prejuízos que o descarte incorreto faz ao meio ambiente”, observa a presidente do Conselho. 

Dia do Farmacêutico

O dia 25 de setembro foi instituido como "Dia Internacional do Farmacêutico", em 2010, pela Federação Internacional dos Farmacêuticos - FIP, com sede em Portugal, como forma de homenagear mundialmente o profissional. Danyella Domingues assessora técnica do CRF/MG conta que são 70 áreas de atuação regulamentadas no Brasil. São mais de 200 mil profissionais inscritos nos conselhos em todo o país, e mais de 25 mil em Minas Gerais.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade