Publicidade

Estado de Minas RESTAURAÇÃO

Zema visita embarcação do Vapor Benjamim Guimarães, em Pirapora

Expectativa é de que visita do governador, nesta quinta, acelere o processo de licitação para restauração do patrimônio


16/09/2020 19:58 - atualizado 16/09/2020 21:35

Benjamim Guimarães navegou no Velho Chico até 2014 e, por várias décadas, foi usado para levar cargas e passageiros no trecho entre Pirapora e Juazeiro(foto: Alex Sezko/Divulgação)
Benjamim Guimarães navegou no Velho Chico até 2014 e, por várias décadas, foi usado para levar cargas e passageiros no trecho entre Pirapora e Juazeiro (foto: Alex Sezko/Divulgação)
Há mais de cinco anos que o Vapor Benjamim Guimarães, uma das últimas embarcações movidas a lenha no mundo, está parado em Pirapora, no Norte de Minas, sem condições de navegar nas águas do São Francisco. Nesta quinta-feira (17), a embarcação receberá a visita do governador Romeu Zema (Novo). A expectativa dos moradores é de que a presença do chefe do Executivo estadual possa acelerar o processo licitatório para o início dos serviços de restauração do patrimônio. 
 
Conforme revelou o Estado de Minas, em dezembro de 2019, a partir de um convênio firmado com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG), foi anunciado a liberação de R$ 3,7 milhoes da autarquia federal, vinculada ao Ministério do Turismo, para a reforma da embarcação. Ainda pelo acordo, o IEPHA-MG entraria com uma contrapartida de R$ 74 mil.

Ainda pelo acordo, o Iepha-MG entraria com uma contrapartida de R$ 74 mil. 

No entanto, até hoje, o processo licitatório não foi concluído, e o vapor, construído nos Estados Unidos e tombado pelo Iepha-MG, continua parado no cais de Pirapora, para a tristeza dos moradores. 

De acordo com informações da prefeitura de Pirapora, a licitação para a contratação da reforma do Benjamin Guimarães estava marcada para 31 de agosto.

Mas, entre os dias 4 e 6 de agosto, duas empresas interessadas fizeram uma vistoria no vapor e alegaram que a embarcação necessita de serviços que não foram relacionados e pediram alteração na planilha de custo. 

Por isso, a abertura das propostas foi remarcada para 30 de setembro. De acordo com a assessoria da Prefeitura de Pirapora, a expectativa agora é que, com a visita de Romeu Zema, a licitação realmente ocorra neste mês, e os serviços de reforma do vapor sejam finalizadas até o final deste ano. 
 

História da embarcação

 
O Benjamim Guimarães, que já navegou no Rio Mississipi (EUA) e, posteriormente, em rios da Bacia Amazônica, mantém as características originais.

No Velho Chico, navegou até 2014 e, por várias décadas, foi usado para levar cargas e passageiros no trecho entre Pirapora  e Juazeiro (BA).

Serviu até para o transporte de tropas do Exército Brasileiro durante a II Guerra Mundial (1939-1945).
 
Com capacidade para transportar até 140 pessoas, entre tripulantes e passageiros, o vapor tem três pisos: no primeiro, estão a casa de máquinas, caldeira, banheiros e uma área para abrigar passageiros; no segundo, 12 camarotes; e, no terceiro, um bar e área coberta. 
 

Proposta de trem turístico

 
A Prefeitura de Pirapora que também entregará a Romeu Zema proposta para a criação do trem turístico na cidade, vinculado à recuperação da monumental ponte Marechal Hermes, outro importante bem tombado pelo patrimônio histórico. 
 
Ainda em Pirapora, o governador participará de solenidade que marcará o anuncio dos investimentos em projeto de ampliação da indústria Liasa (Ligas de Alumínio S/A). A previsão é que, com a ampliação da  indústria, sejam gerados cerca de 800 postos de trabalho.
 
Antes de se deslocar para a cidade às margens do Rio São Francisco, na manhã desta quinta-feira, Romeu Zema cumprirá agenda em Montes Claros, onde visitará as obras de instalação da industrias de medicamentos Eurofarma.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade