Publicidade

Estado de Minas ABASTECIMENTO

'Estou comprando água para lavar o cabelo das clientes', diz cabeleireira do Sul de Minas

Copasa faz rodízio de água para moradores de Campanha; Abastecimento foi prejudicado por causa do longo período de estiagem que impactou a vazão do Ribeirão Santo Antônio


14/09/2020 10:39 - atualizado 14/09/2020 11:44

Copasa segue com rodízio de água em Campanha(foto: Alô Alô Cidade/Divulgação )
Copasa segue com rodízio de água em Campanha (foto: Alô Alô Cidade/Divulgação )
A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) faz esquema de rodízio de abastecimento de água em bairros de Campanha, no Sul de Minas. O prazo de término oficial seria nesta segunda-feira (14), mas a companhia decidiu estender os trabalhos até o próximo dia 22.

 

De acordo com a companhia, o abastecimento foi prejudicado por causa do longo período de estiagem que impactou a vazão do Ribeirão Santo Antônio, principal reservatório de abastecimento na cidade. “Para garantir o fornecimento de água aos moradores da cidade durante o período crítico, a Companhia está adotando o rodízio como medida emergencial”, explica Copasa.

 

Moradores estão indignados com a situação(foto: Alô Alô Cidade )
Moradores estão indignados com a situação (foto: Alô Alô Cidade )
A cabeleireira Lilian Rafaela França reclama que está comprando água para atender as clientes. “Até agora não temos água no Bairro Vila Reis. Eles interromperam o abastecimento nesse domingo (13), as 7h e até agora não voltou. Com essa situação, eu estou lavando o cabelo das clientes no balde”, diz.

 

A cabeleireira tem uma filha de três anos e conta que está há uma semana sem poder lavar roupa. “Está um descaso total. Meu marido teve que ir em uma roça e pedir água para as atividades emergenciais. Mas a gente não consegue limpar a casa e muito menos lavar roupa. Sem água pra tudo, não sai nenhuma gotinha”, completa.

 

O jornalista Eriton Lima tem recebido as reclamações dos moradores da cidade. “Eles me procuram para pedir ajuda. A assessoria de imprensa da Copasa enviou uma tabela, de datas e horários do abastecimento, mas não está sendo suficiente”, ressalta.

 

Segundo a nota enviada pela Copasa, os bairros da cidade foram incluídos na medida emergencial, inclusive áreas mais altas. “A companhia dividiu a cidade em quatro regiões. Para conferir as escalas de abastecimento e rodízio, as pessoas podem acessar o site da Copasa”, explica.

 

Ainda de acordo com a Copasa, o uso consciente da água é importante em qualquer estação do ano e, mais ainda, na estação seca. “A empresa pede o engajamento de toda a população no uso responsável da água. Atitudes simples podem fazer grande diferença”, finaliza.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade