Publicidade

Estado de Minas TRÁFICO

PRF apreende 100kg de maconha e prende quatro pessoas em Uberlândia

Na embalagem estavam até os nomes dos destinos para onde a droga iria


10/09/2020 21:30 - atualizado 10/09/2020 22:09

Drogas eram de Campo Grande (MS)(foto: Divulgaão/PRF)
Drogas eram de Campo Grande (MS) (foto: Divulgaão/PRF)
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cerca de 100 KG de maconha no final da tarde desta quinta-feira (10) em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Quatro pessoas foram presas na ação que começou em uma fiscalização de rotina na rodovia BR-365.
Os policiais estavam em patrulhamento na via, quando avistaram dois homens parados ao lado de uma carreta, na altura do km 606. Foi feita a fiscalização no veículo e tanto o condutor, de 28 anos, quanto o passageiro, de 18, aparentaram nervosismo. Isso motivou os policiais a verificarem com mais cuidado a carreta. Um compartimento no reboque guardava toda a droga escondida e embalada.

Preso por tráfico, o motorista contou que transportava a droga de Campo Grande (MS) e que deixaria metade em Uberlândia. O restante do carregamento levaria para Salvador (BA). Na embalagem da droga, estavam até os nomes das cidades em que o carregamento seria entregue.

Enquanto a abordagem acontecia, um carro parou próximo do local e nele estavam mais dois homens. Um deles foi até a carreta e o outro esperou próximo ao veículo. Eles ainda não tinham visto que a PRF fazia a fiscalização, mas logo quando perceberam a presença dos policiais, tentaram fugir. Eles não conseguiram escapar e foram presos suspeitos de serem os compradores da droga. Um dos detidos tem 24 anos e o outro tem 29. Durante a detenção, os dois confessaram que correram porque iriam se encontrar com o motorista da carreta e pegar uma mercadoria.

Os quatro presos e a maconha confiscada, além dos veículos apreendidos, foram encaminhados para a Polícia Federal, em Uberlândia.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade