Publicidade

Estado de Minas CRIME

Presos homens que mataram a facadas dono de bar em Rio Paranaíba, em junho

Comerciante, de 28 anos, se recusou a vender bebida alcoólica a três homens, alegando que cumpria decreto municipal, e acabou agredido e morto


08/09/2020 17:29 - atualizado 08/09/2020 17:43

Crime ocorreu na cidade de Rio Paranaíba(foto: Reprodução/Redes Sociais)
Crime ocorreu na cidade de Rio Paranaíba (foto: Reprodução/Redes Sociais)

A recusa em vender bebidas alcoólicas, atendendo às medidas de restrição determinada pela Prefeitura de Rio Paranaíba, foi a causa do assassinato de Paulo Henrique Gomes Barbosa, de 28 anos, proprietário do disk bebidas, no último 9 de junho. O crime foi esclarecido com as prisões de dois dos três acusados de autoria de homicídio.

Segundo informações da Polícia Civil, três homens chegaram ao bar pedindo bebidas, que seriam ali consumidas. Paulo Henrique se recusou, dizendo que havia um decreto municipal em vigência, que proibia esse tipo de comércio durante a pandemia do novo coronavírus.

Os fregueses passaram a ameaçar Paulo Henrique e partiram para cima dele, agredindo-o. Para se defender, o comerciante pegou uma faca, mas foi novamente golpeado, caiu no chão e a arma caiu de sua mão. Um dos agressores pegou a faca e atingiu a vítima no peito, costas e perna esquerda.

Durante as investigações, a Polícia Civil apurou a dinâmica, mecânica, circunstâncias e motivação do crime, identificando também a autoria do homicídio. Dois suspeitos foram presos e encaminhados ao sistema prisional. O inquérito policial foi concluído e encaminhado à Justiça.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade