Publicidade

Estado de Minas BALANÇO ATUALIZADO

Bairro Lindeia, no Barreiro, é o primeiro a chegar a 20 mortes por COVID-19 em BH; veja a lista

São 16 localidades diferentes com 10 ou mais óbitos pela doença na capital. Buritis continua sendo o bairro com maior número de casos


02/09/2020 21:46 - atualizado 02/09/2020 22:01

 

 

O Bairro Lindeia, na Região do Barreiro, em Belo Horizonte, chegou a 20 mortes pela infecção causada pelo novo coronavírus. O balanço por localidade foi atualizado pela prefeitura no boletim epidemiológico e assistencial divulgado nesta quarta-feira (2).

 

De acordo com o levantamento, são 16 localidades diferentes com 10 ou mais mortes pela doença. Depois do Lindeia, aparecem os bairros Cabana do Pai Tomás (Oeste), com 19 óbitos; Alto Vera Cruz (Leste), com 16; e Mantiqueira (Venda Nova), com 15.

 

Quanto aos casos da COVID-19, aquele com mais pacientes infectados é o Buritis: 175. Apesar do volume de diagnósticos, a prefeitura registra três mortes no local.

 

Depois do Buritis, aparecem Alto Vera Cruz, com 146 casos confirmados; Castelo (Pampulha), com 140; Sagrada Família (Leste), com 134; e Lourdes (Centro-Sul), com 128.

 

Belo Horizonte tem mais de 1 mil mortes por COVID-19, distribuídas por 180 bairros(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
Belo Horizonte tem mais de 1 mil mortes por COVID-19, distribuídas por 180 bairros (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)


São 12 bairros com mais de 100 vítimas da COVID-19 em BH, informa o relatório da PBH.

 

Além disso, a prefeitura esclarece que 180 bairros já registram óbitos da doença: 57,4% do total de localidades.

 

Quadro geral

 

Belo Horizonte chegou nesta quarta-feira (2) a 1.021 mortes por COVID-19. O boletim epidemiológico e assistencial da prefeitura informa que 17 óbitos pela doença aconteceram nas últimas 24 horas.

Quanto ao número de casos, a cidade chegou a 34.530 – diferença de 409 diagnósticos para o levantamento anterior, divulgado nessa terça (1º).

 

No levantamento por regionais, a Oeste é aquela com o maior número de mortes: 130, duas a mais que Venda Nova e o Nordeste da cidade. Na sequência, Noroeste (123), Barreiro (116), Leste (106), Centro-Sul (101), Norte (99) e Pampulha (90).

 

Entre as pessoas que morreram vítimas da COVID-19 em Belo Horizonte, 564 são homens e 457 mulheres. A maioria dos óbitos, 81,8% (836), é formada por idosos. Outros 15,8% (161) tinham entre 40 e 59 anos; e 2,4% (24) entre 20 e 39 anos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade