Publicidade

Estado de Minas SUL DE MINAS

Motoboy acusado de matar ex-companheira em Varginha pega 24 anos de prisão

Crime aconteceu na frente dos filhos; feminicídio deu início a retomada de julgamentos na cidade


26/08/2020 10:27 - atualizado 26/08/2020 11:06

Júri popular aconteceu no Salão Nobre da Faculdade de Direito de Varginha (FADIVA)(foto: Google Street View)
Júri popular aconteceu no Salão Nobre da Faculdade de Direito de Varginha (FADIVA) (foto: Google Street View)
O motoboy Luciano Eduardo Inácio, de 34 anos, foi condenado a 24 anos de prisão em regime fechado pela morte da ex-companheira, Ana Caroline Anselmo da Silva. O júri popular aconteceu nessa terça-feira (25), no Salão Nobre da Faculdade de Direito de Varginha (FADIVA), no Sul de Minas, marcando a retomada dos julgamentos na cidade.

 

Luciano foi condenado a 24 anos de prisão em regime fechado pela morte da ex-companheira(foto: TV Alterosa Sul de Minas)
Luciano foi condenado a 24 anos de prisão em regime fechado pela morte da ex-companheira (foto: TV Alterosa Sul de Minas)
De acordo com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), Luciano responde por homicídio triplamente qualificado. A pena foi agravada pelo feminicídio e por ter sido na frente dos filhos. A sentença foi dada pelo juiz José Paulino de Freitas Neto, da 2ª Vara Criminal de Varginha.

 

De acordo com o assistente de acusação, Mailso Paiva Martins, o julgamento durou cerca de 10 horas e familiares da vítima estiveram presentes.

 

O crime aconteceu em abril do ano passado. De acordo com a polícia, Ana Caroline foi morta a facadas em casa. Na época, o casal tinha se separado, mas Luciano não aceitava e queria reatar o relacionamento.

 

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade