Publicidade

Estado de Minas PREVISÃO DO TEMPO

Frio recorde: Sul de Minas registra temperaturas negativas nesta quarta-feira; veja vídeo

Recorde negativo foi registrado em Maria da Fé; por outro lado, no Triângulo e no Norte do estado máximas devem chegar a 33°C


26/08/2020 09:44 - atualizado 26/08/2020 12:43

"Boneco de neve" em Maria da Fé (foto: William Siqueira/Divulgação)
A massa de ar polar responsável pelo recorde de frio do ano na capital também fez as temperaturas despencarem no Sul de Minas. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), em Maria da Fé, na Serra da Mantiqueira, os termômetros chegaram a marcar -1,7°C , com registros de geadas.

A Rede de Estações Meteorológicas Automáticas Municipais de Maria da Fé apontou temperaturas ainda mais baixas: -3,1°C no Bairro Reserva e -2,4°C no Bairro Lage. Ainda segundo a medição, foi o recorde de baixas temperaturas neste ano na cidade.
 
 
 
A sensação de frio foi intensa por toda a região nesta quarta-feira. Em Monte Verde, distrito de Camanducaia também localizado na Serra da Mantiqueira, a mínima foi de 2,4°C. Em Varginha, a mínima foi de 5,8°C.

Para os próximos dias, a previsão na região é de frio ainda próximo a 0°C. "A mínima para amanhã (27) deve subir um pouco e ficar em torno dos 0°C no Sul de Minas. As geadas devem persistir, já que a tendência é de manutenção do tempo seco", explica a meteorologista Anete Fernandes, do 5º Distrito do Inmet.

A geada é um fenômeno natural em que camadas de cristais de gelo são formadas diante das baixas temperaturas combinadas com tempo seco. Sem nebulosidade para reter a radiação solar, as superfícies perdem energia e a umidade congela quando entra em contato com o solo.

Tempo seco


Praticamente todo o estado deve ficar em alerta para os baixos índices de umidade do ar. "O tempo seco realmente chama a atenção nas regiões Sul, Oeste, Triângulo, Noroeste, Norte e Central, onde podem chegar a ficar abaixo aos 30%", alerta a meteorologista.
 
A baixa umidade ainda favorece a alta amplitude térmica - ou seja, grande diferença entre as temperaturas máximas e mínimas.  

A exceção é a faixa leste do estado, Zona da Mata e vales do Jequitinhonha, Rio Doce e Mucuri, que recebe umidade vinda do oceano, aumentando a nebulosidade, mas não capaz de provocar chuvas.

Além do tempo seco, as temperaturas também serão elevadas no Triângulo e nas regiões Norte e Noroeste do estado, onde as máximas chegarão a 33°C. 

Cuidados especiais


O tempo seco requer alguns cuidados especiais com a saúde. Recomenda-se umidificar os ambientes com vaporizadores, baldes com água ou toalhas molhadas, além de se proteger do sol e abusar da hidratação. Outra orientação fundamental é evitar os exercícios físicos ao ar livre.

*Estagiário sob supervisão da subeditora Jociane Morais 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade