Publicidade

Estado de Minas

BH tem primeira morte de profissional de saúde por COVID-19

Técnico de enfermagem da UPA Barreiro, Gerônimo Batista Pires estava internado há três semanas na UTI do Hospital Júlia Kubitschek, na mesma região da cidade


26/07/2020 20:44 - atualizado 28/07/2020 17:45

Gerônimo Batista Pires prestava serviço à UPA Barreiro(foto: Bernardo Dias/Câmara de BH e reprodução/Facebook)
Gerônimo Batista Pires prestava serviço à UPA Barreiro (foto: Bernardo Dias/Câmara de BH e reprodução/Facebook)

 

Morreu na madrugada deste domingo (26), por COVID-19, Gerônimo Batista Pires, o primeiro profissional de saúde do SUS-BH a perder a vida para a pandemia. Ele estava internado no Hospital Júlia Kubitschek, no Barreiro, em BH.

 

De acordo com o membro do Conselho Municipal de Saúde de Belo Horizonte (CMS-BH), Bruno Pedralva, o técnico de enfermagem trabalhava na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Barreiro.

 

“Nosso técnico de enfermagem da UPA Barreiro e do SUS-BH lutou por mais de três semanas no CTI. Lutou como um toro, com garra – como sempre trabalhou. Mas, faleceu há exatas quatro semanas após um plantão caótico num domingo, quando mais de oito pacientes aguardavam CTI por mais de 12h, com apenas dois respiradores mecânicos e uma sala de emergência com apenas seis leitos”, escreveu Pedralva na rede social Facebook.

 

“Estive com ele nesse plantão: ele e seus EPIs derretiam com seu esforço e seu suor para cuidar dos pacientes”, completou o médico.

 

Em nota, o secretário municipal de Saúde, Jackson Machado Pinto, manifestou “o mais profundo sentimento de pesar pelo falecimento”.

 

“Seu empenho e dedicação serão sempre lembrados por todos os amigos e colegas. Aos familiares, amigos e colegas de trabalho, externamos nossos votos de paz e solidariedade”, completou o titular da Saúde municipal.

 

Números 

 

Até o mais recente boletim epidemiológico, divulgado pela prefeitura na sexta-feira (24), Belo Horizonte registra 777 casos confirmados de COVID-19. Outros 463 diagnósticos estavam em investigação.

 

A cidade como um todo, conforme boletim da Secretaria de Estado de Saúde divulgado neste domingo (26), computa 16.778 casos confirmados e 459 mortes por COVID-19. 

 

Dos quase 800 diagnósticos da doença entre servidores do SUS-BH, a prefeitura informa a categoria profissional de 294. Nesse universo, 128 (43,5%) são técnicos de enfermagem, como Gerônimo Batista Pires.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade