Publicidade

Estado de Minas SÁBADO DO BEM

Varal e drive-thru de doações reinventam solidariedade na pandemia

Iniciativas para arrecadação e doação de alimentos, roupas e álcool glicerinado foram reforçadas nesta manhã por bombeiros militares, jovens e estudantes


18/07/2020 11:07 - atualizado 20/07/2020 12:28

Ver galeria . 12 Fotos Doação de alimentos para a Fundação Sara. Alunos da turma 277 do curso de Primeiros Socorros do 3º Batalhão de Bombeiros Militar se reuniram para fazer o bem para dezenas de crianças e adolescentes da Fundação Sara. Junto com os militares da unidade e o professor, sargento Robson de Paula, os alunos conseguiram arrecadar 5 toneladas de alimentos.Leandro Couri/EM/D.A. Press
Doação de alimentos para a Fundação Sara. Alunos da turma 277 do curso de Primeiros Socorros do 3º Batalhão de Bombeiros Militar se reuniram para fazer o bem para dezenas de crianças e adolescentes da Fundação Sara. Junto com os militares da unidade e o professor, sargento Robson de Paula, os alunos conseguiram arrecadar 5 toneladas de alimentos. (foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press )
Varal solidário, drive-thru beneficente e doação de mantimentos são ações responsáveis por um 'sábado do bem' em Belo Horizonte e Região Metropolitana. Ao menos quatro iniciativas individuais foram espalhadas para tentar combater o fantasma do distanciamento social, desemprego, solidão, ansiedade e outros problemas que acompanham a pandemia do novo coronavírus.

A corrente de solidariedade começou às 9h com entrega de alimentos para crianças e adolescentes com câncer atendidas pela Fundação Sara. A arrecadação dos mantimentos foi organizada por alunos da turma 277 do curso de Primeiros Socorros do 3º Batalhão de Bombeiros Militar.

Junto com os militares da unidade e o professor, sargento Robson de Paula, os alunos conseguiram arrecadar cinco toneladas de alimentos que foram entregues na casa instalada no Bairro Cidade Jardim, Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

“Em tempos de pandemia, os alunos foram convidados a participar dessa ação solidária e hoje temos a grata satisfação de levar 346 cestas para beneficiar e matar a fome de algumas pessoas que estão vivendo uma dificuldade e uma necessidade maior”, conta o militar.

Dez carros se dividiram para transportar as cestas básicas. “A gente que sabe: quando se faz uma ação dessa, pensam que nós estamos só doando, mas quem recebe é a gente. Não tem preço uma atitude dessa, principalmente nessa época que a gente está vivendo”, comenta o sargento Robson.

Cestas básicas foram entregues na Fundação Sara(foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press)
Cestas básicas foram entregues na Fundação Sara (foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press)

O tenente Pedro Aihara, porta-voz da corporação, também participou da ação. “De forma voluntária, os alunos se mobilizaram e conseguiram arrecadar toda essa quantidade de alimentos. Com certeza, isso vai beneficiar quantidade muito grande de famílias”, destacou o militar. E completou: “O compromisso do Corpo de Bombeiros em ajudar o próximo também se revela nesses detalhes”.



curso de primeiros socorros no batalhão conhecido como “Guardião da Pampulha” começou em 2006 e já acumula 277 turmas de civis formadas, totalizando 7.912 alunos.

Mesmo com a necessidade do isolamento social, as aulas não pararam e foram adaptadas para a modalidade à distância, alcançando pessoas de outras cidades, estados e até países. “Os primeiros socorros vão além de atender ao acidentado, mas também com ações solidárias”, disse o sargento.

O curso é gratuito e dura duas semanas. As aulas ocorrem das 19h às 22h. Para participar, é necessário ligar entre 15h e 17h para 3490-5528.

Varal solidário

Em outro canto da cidade, jovens estenderam varal solidário com doações de roupas e sapatos. Das 9h às 12h30, os voluntários do projeto “3 + pela Missão” Igreja Adventista do Sétimo Dia do Bairro Santa Inês estiveram em dois pontos da cidade: Na Rua Silva Alvarenga, 1111, Bairro São Geraldo e na Rua Estância, 115, Bairro Nova Vista.

Jovens fazem varal solidário com doações de roupas e sapatos(foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press)
Jovens fazem varal solidário com doações de roupas e sapatos (foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press)


As roupas doadas passaram por triagem, foram higienizadas e expostas em cabideiros. A pessoa se aproxima, pega uma sacola e seleciona o que mais interessar.

O mesmo grupo já distribuiu máscaras pelas ruas de BH e arrecadou, em dois dias, 600 kg de alimentos entregues às famílias impactadas financeiramente pela pandemia.

Doação de álcool glicerinado

Sob orientação de professores, alunos de engenharia química do UniBH produziram álcool 80% para doação em comunidades de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. 

Foram fabricados entre 120 e 150 litros de álcool glicerinado e os frascos da substância serão entregues para moradores. Neste sábado, a doação ocorre a partir de 13h na comunidade Dom Tomás Balduíno, no Bairro São João.

Drive-thru solidário

Já pensou em fazer o bem de forma segura? Das 11h às 12h30 tem o Drive-Thru Solidário no Bairro Alípio de Melo. A iniciativa recolhe alimentos não perecíveis para o projeto Amor ao Próximo BH que doará os itens para pessoas em situação de rua e famílias carentes neste período de pandemia.

Para participar, basta comparecer de carro à sede da Escola de Dança Razões do Corpo, na Rua dos Economistas, 449.

Além disso, haverá uma carreata na região, no mesmo horário, que percorrerá as ruas Romualdo Lopes Cançado, Avenida dos Engenheiros, Rua dos Advogados, Rua dos Arquitetos, Rua dos Veterinários e Rua dos Economistas, também com o objetivo de mobilizar a comunidade e arrecadar doações.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade