Publicidade

Estado de Minas FARDA LARANJA

Bombeiros de MG ganham novo fardamento com alta visibilidade

Vestimenta que passou por fase de testes e ainda se misturava com a farda cinza passou a ser obrigatória na tropa mineira


14/07/2020 17:20 - atualizado 14/07/2020 18:52

Novo fardamento de alta visibilidade já e definitivo no Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. Na foto, a tenente Mônica Maertens(foto: Túlio Santos/EM/D.A Press)
Novo fardamento de alta visibilidade já e definitivo no Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. Na foto, a tenente Mônica Maertens (foto: Túlio Santos/EM/D.A Press)
O fardamento cinza se despediu de vez do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG). No lugar dele, as fardas de cor laranja agora são obrigatórias para todos os militares. A mudança, que antes passava por testes, promete alta visibilidade e mais segurança para essa que é uma profissão de risco.

Os primeiros a utilizarem os trajes da nova cor foram os militares do Batalhão de Emergências Ambientais e Resposta a Desastres (Bemad). Depois, foi criada uma comissão responsável por desenvolver o novo fardamento.

A partir disso, o CBMMG publicou a resolução 806, em 27 de agosto de 2018, estabelecendo o novo padrão de fardamento operacional. Naquela época, a corporação estipulou o prazo de dezembro de 2018 até 29 de junho de 2020 para que toda a tropa se adequasse e providenciasse seus uniformes.

“A gente foi analisando e viu que a gente precisava de mais critérios de segurança. Várias vezes em grandes eventos, em ocorrências noturnas, em rodovias, não era tão fácil reconhecer o bombeiro, e a gente precisa ser facilmente localizado pela população”, conta a capitã Thaise Rodrigues Rocha.

Padrão de qualidade

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o novo fardamento atende aos padrões internacionais de qualidade e, principalmente, à funcionalidade das operações.

Farda laranja deve ser utilizada por todos os bombeiros militares de Minas(foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A. Press)
Farda laranja deve ser utilizada por todos os bombeiros militares de Minas (foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A. Press)


“A comissão foi criada para poder analisar como estava sendo os padrões internacionais e em outros estados para propor a modernização. Era uma preocupação nossa”, disse a capitã Thaise. “Essa nova farda é mais resistente para a natureza da profissão que é realmente de desgaste.”

Além da identidade visual, a corporação defende também que a nova vestimenta atende ao conforto do profissional. “Ela tem reforço nos cotovelos e possui joelheiras. Quanto mais confortável o profissional está, melhor atendimento a vítima consegue dar”, complementa a bombeira.

Principais características

O Corpo de Bombeiros destaca três aspectos que diferenciam e potencializam o novo fardamento:

  1. Tecnologia: reforço na região dos cotovelos, faixas retrorefletivas, joelheiras removíveis, ajustadores largos nas mangas e bolso fole (bolso cargo);
  2. Segurança: fechamento em zíper, reguladores para joelheiras, elástico no cós, costuras reforçadas na calça, sem bolsos traseiros;
  3. Identidade: conforme norma ABNT NBR 15.292/3013, vestimenta de segurança de alta visibilidade, tecido ripstop fluorescente e consolidação da imagem institucional.

Cor chamativa

Atividades de busca e salvamento em mata fechada, locais de deslizamento de terra e incêndios são outros exemplos de atuação dos militares em que se nota a importância da fácil identificação dos bombeiros.


No início da mudança, o que pode ter causado estranheza pela cor chamativa da roupa ganhou novos significados no último mês com uma campanha da Corporação pelas redes sociais. Vários militares publicaram fotos em despedida da antiga farda e deram boas vindas à cor laranja.

Nova farda proporciona mais visibilidade durante ocorrências(foto: CBMMG/Divulgação)
Nova farda proporciona mais visibilidade durante ocorrências (foto: CBMMG/Divulgação)


“Toda mudança gera um pouco de resistência, principalmente porque a gente se apega, mas à medida que eles vão utilizando entendem o porquê”, disse a capitã Thaise. “Melhor a gente saber que está trabalhando com segurança e aos pouquinhos cada um vai acostumando.”


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade