Publicidade

Estado de Minas COVID-19

TJMG vai retomar atividades presenciais gradualmente, a partir de 3 de agosto

Unidades terão escala mínima para atender situações urgentes que não possam ser resolvidas por meio eletrônico. Audiências e sessões de julgamento continuam remotas


postado em 14/07/2020 18:01 / atualizado em 14/07/2020 18:25

Fachada do TJMG na avenida Afonso Pena, em Belo Horizonte(foto: Rodrigo Clemente/EM/D.A Press)
Fachada do TJMG na avenida Afonso Pena, em Belo Horizonte (foto: Rodrigo Clemente/EM/D.A Press)
O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) retomará gradualmente as atividades presenciais a partir de 3 de agosto. A decisão foi publicada no Diário do Judiciário eletrônico (JJe), nesta terça-feira (14), em uma portaria.

O TJMG informou que as unidades judiciárias terão escala mínima de funcionários trabalhando presencialmente para atender situações urgentes que não possam ser resolvidas por meio eletrônico. Será obrigatório o uso de máscaras e a medição de temperatura a todos que entrarem nos prédios do Poder Judiciário estadual.

Além disso, a portaria também prevê o controle do número máximo de pessoas nas unidades, respeitando o distanciamento mínimo de dois metros. “As estações de trabalho terão proteção de acrílico para atendimento ao público e será fornecido álcool 70% para higienização das mãos e objetos”, divulgou o Tribunal de Justiça.

As audiências e sessões de julgamento continuarão sendo realizadas por videoconferência. No caso das audiências de custódia, a portaria instituiu que serão retomadas assim que for verificada a possibilidade de realizá-las com os órgãos de segurança pública.

Citações, intimações e outros atos urgentes ainda devem ser realizados virtualmente. “Quando não for possível, os oficiais de justiça, agentes da infância e juventude e funcionários que realizam atividades externas deverão utilizar equipamentos de proteção individual (EPIs)”, divulgou o TJMG.

Enquanto durar a pandemia, o horário de atendimento presencial será de 11h às 17h. Nas comarcas onde há possibilidade, estruturas drive-thru poderão ser instaladas para carga e recebimento de processos físicos.
 
*Estagiária sob supervisão da editora Liliane Corrêa 



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade