Publicidade

Estado de Minas NESTA QUARTA

TJMG sobre cerimônia de posse da nova direção: 'Todos deverão manter o distanciamento'

Tribunal informou que convidados seguirão procedimentos recomendados para evitar a disseminação do coronavírus


postado em 01/07/2020 11:02 / atualizado em 01/07/2020 13:20

Evento acontecerá no Palácio das Artes, espaço que tem capacidade cerca de 1.500 pessoas(foto: Divulgação/Fundação Clóvis Salgado)
Evento acontecerá no Palácio das Artes, espaço que tem capacidade cerca de 1.500 pessoas (foto: Divulgação/Fundação Clóvis Salgado)
Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) agendou para esta quarta-feira, a partir das 17h30, a cerimônia de posse da nova diretoria para o biênio 2020-2022. O evento acontecerá no Palácio das Artes, na Região Central de Belo Horizonte.

Segundo o TJMG, em nota enviada ao Estado de Minas, a entrada “será restrita aos desembargadores, a algumas autoridades e familiares dos empossados, mediante apresentação de credenciais individuais”. Ainda segundo o comunicado, “todos serão submetidos à medição de temperatura no ingresso e deverão estar usando máscaras e seguir os procedimentos preventivos indicados, como o uso de álcool gel e manter o distanciamento.

"Serão 200 pessoas num ambiente para duas mil pessoas, então haverá espaço de segurança. Além do mais, a lei não permite posse virtual, é obrigatório que seja presencial", justificou o atual presidente, Nelson Missias. Ele também ressaltou: "A orientação é de que não haja cumprimentos".

A Fundação Clóvis Salgado, entidade do governo que administra o espaço, também disse por meio de enviada à reportagem que “o TJMG firmou um contrato de cessão em que assume a responsabilidade pela fiscalização, uso e ocupação das instalações da Fundação Clóvis Salgado”. O governador geralmente participa desse tipo de solenidade, mas a presença de Romeu Zema (Novo) no evento não está prevista. A Prefeitura de Belo Horizonte disse que não pode responder pelo polêmico evento do Judiciário.

Com a confirmação da solenidade nas redes sociais, o TJMG foi questionado. A recomendação das autoridades de saúde é de que as pessoas permaneçam em casa e que não se aglomerem, participem ou organizam eventos neste momento de pandemia.

O TJMG elegeu em 16 de abril o desembargador Gilson Soares Lemes como novo presidente. Ele substituirá Nelson Missias na presidência do Judiciário mineiro e recebeu 81 votos, contra 51 obtidos pelo adversário, o desembargador Leite Praça.

Questionado à época sobre o fato de assumir a presidência do TJMG em uma época de grandes dificuldades proporcionadas pela pandemia, Lemes se mostrou otimista. “Vamos assumir somente em julho e com certeza ainda estaremos enfrentando a pandemia. Mas ressalto que os nossos magistrados já estão trabalhando de forma remota e, neste período de pandemia, já produziram mais de 1,7 milhão de atos judiciais. Além disso, o TJMG está ajudando várias instituições, com um repasse superior a R$ 15 milhões oriundos de penas pecuniárias”, afirmou.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade