Publicidade

Estado de Minas LUTO

Ex-presidente do BDMG morre em BH

Júlio Onofre Mendes de Oliveira presidiu o banco entre 2014 e 2015


postado em 11/07/2020 19:05 / atualizado em 11/07/2020 19:12

Júlio Onofre Mendes de Oliveira entrou no BDMG como estagiário, nos anos 1970(foto: Renato Cobucci/Governo de Minas)
Júlio Onofre Mendes de Oliveira entrou no BDMG como estagiário, nos anos 1970 (foto: Renato Cobucci/Governo de Minas)
Ex-presidente do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), Júlio Onofre Mendes de Oliveira morreu neste sábado, aos 67 anos, em Belo Horizonte. Natural de São Gonçalo do Pará, no Centro-Oeste de Minas Gerais, Júlio Onofre morreu vítima da COVID-19 e lutava contra o vírus há algumas semanas.

Júlio deixa a mulher e três filhas. Engenheiro civil de formação e com especialização em finanças e gestão, ele entrou no BDMG nos anos 1970, como estagiário. O são-gonçalense passou por diversos cargos até chegar à presidência da instituição, em junho de 2014, onde permaneceu até fevereiro de 2015.

Sergio Gusmão Suchodolski, atual presidente do BDMG, lamentou a morte do colega. Ele também elogiou o trabalho de Júlio Onofre no banco.

“Sua gestão como presidente criou bases para a ampliação dos clientes do BDMG com metas ambiciosas, estendendo o raio da atuação socioeconômica do banco. Como membro do Comitê de Auditoria, suas atuais contribuições sempre foram muito bem embasadas e agregadoras. É uma grande perda para Minas Gerais. Mas, ao mesmo tempo, nos sentimos zelosos de seu legado e orgulhosos pela dedicação de uma vida profissional inteira ao crescimento do BDMG”, disse.

Júlio Onofre também ocupou cargos públicos na carreira. O engenheiro atuou na Prefeitura de Belo Horizonte de 2015 a 2017, sendo que de março de 2015 a fevereiro de 2016 ele foi secretário municipal adjunto de Desenvolvimento Econômico da capital mineira.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade