Publicidade

Estado de Minas SALVAMENTO

Por telefone, bombeiro ajuda a salvar bebê de dois meses, em Formiga

Segundo o Corpo de Bombeiros, após ser amamentada, a menina possivelmente teve refluxo e não conseguiu respirar


10/07/2020 09:41 - atualizado 10/07/2020 09:56

Cícero Barroso Afonso, sargento do Corpo de Bombeiros de Formiga(foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros)
Cícero Barroso Afonso, sargento do Corpo de Bombeiros de Formiga (foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros)
Na noite dessa terça-feira (8), militares do Corpo de Bombeiros de Formiga, na Região Centro-Oeste de Minas Gerais, atuaram no salvamento de um bebê, de dois meses, que engasgou no Bairro Sagrado Coração de Jesus.

De acordo com os militares, a criança, possivelmente, teve refluxo durante a amamentação e não conseguiu respirar. A mãe da menina ligou desesperada para o Corpo de Bombeiros, no 193, por volta das 23h, afirmando que o bebê tinha se engasgado e não conseguia respirar.

O sargento Cícero Barroso iniciou o atendimento via telefone, enquanto uma viatura ia para o local, e explicou os procedimentos para a mulher.

Segundo os militares, em casos de asfixia por algum líquido, o bebê deve ser apoiado no braço, de barriga para baixo e devem-se dar cinco tapas leves nas costas da criança.

Depois de fazer a manobra, a mãe afirmou ao sargento que o bebê tinha expelido a secreção pelo nariz e foi possível ouvir o choro.

Quando a guarnição dos bombeiros chegou ao local, a menina estava consciente e respirando normalmente. Mas, mesmo assim, os militares preferiram encaminhar a criança para a Santa Casa de Formiga para a avaliação médica.

Durante todo o tempo de deslocamento do Corpo de Bombeiros a mãe foi aconselhada por telefone pelo sargento, sobre o que fazer. 

*Estagiário sob supervisão do subeditor Daniel Seabra 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade