Publicidade

Estado de Minas TRAGÉDIA

Tragédia em Sete Lagoas: mãe comete suicídio depois de matar filha de quatro anos

Primeiras investigações dão conta de que a mulher planejou o crime, esperando que o pai e os dois filhos saíssem de casa


postado em 22/06/2020 23:24 / atualizado em 23/06/2020 11:14

Tragédia ocorreu na Rua Venezuela, no Bairro Nova Cidade, em Sete Lagoas(foto: Reprodução Google Maps)
Tragédia ocorreu na Rua Venezuela, no Bairro Nova Cidade, em Sete Lagoas (foto: Reprodução Google Maps)
Uma tragédia mexeu com a população de Sete Lagoas nesta segunda-feira. De acordo com a Polícia Militar, a mãe Fabiana Aparecida Fernandes Teixeira Nascimento, de 46 anos, matou a filha, Laura, de apenas quatro anos, com um tiro na cabeça, e depois tirou a própria vida com a arma. Tudo ocorreu na casa da família, no Bairro Nova Cidade.


Segundo o marido da vítima, Darlys Nascimento, ele saiu de casa às 9h20 para resolver um problema particular, deixando em casa a mulher, a filha e dois filhos, Darlys Júnior, de 19 e um de 14. Ao retornar, às 10h30, deparou com os dois filhos em pranto, na porta de casa.

Os filhos contaram que, logo que o pai saiu, a mãe pediu que fossem ao Supermercado efetuar algumas compras. Ao retornarem, encontraram a porta do quarto do casal trancada. Bateram e chamaram pela mãe, mas como ela não respondeu, arrombaram e adentraram, encontrando a mãe e a irmã mortas, caídas numa grande poça de sangue.

Desesperados, saíram correndo da casa, até a chegada do pai.

Segundo os vizinhos, um estampido foi ouvido, vindo da casa de Darlys e Fabiana. Em seguida, um segundo tiro, mas todos pensavam que seria de bombas de festa junina.

Darlys, no entanto, contou que a mulher andava depressiva, se culpando por ter tido uma filha com mais de 40 anos. A história foi confirmada pela irmã de Fabiana, Jaqueline Fernandes.

Ela contou que Fabiana havia dito, há 15 dias, que tinha medo de que a filha fosse discriminada por ser muito mais nova que os irmãos.

O caso foi encaminhado à Delegacia de Homicídios de Sete Lagoas, e as investigações estão a cargo da delegada Marisa Andrade.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade