Publicidade

Estado de Minas CRIME

Policiais atiram em homem para salvar mulher que era feita de refém no Centro de BH

Apesar do susto, nenhuma vítima se feriu; autor foi socorrido e encaminhado ao Hospital João XXIII


postado em 18/06/2020 09:59 / atualizado em 18/06/2020 10:41

Crime aconteceu nas proximidades da Praça Sete(foto: Reprodução/Google Street View)
Crime aconteceu nas proximidades da Praça Sete (foto: Reprodução/Google Street View)
Policiais militares precisaram atirar em um homem para libertar mulher que era feita de refém em uma loja no Centro de Belo Horizonte. O crime aconteceu nessa quarta (17) e o criminoso foi encaminhado com vida para o Hospital João XXIII. A vítima não se feriu.


Os policiais chegaram ao local e avistaram o indivíduo, que de pronto se apoderou de uma garrafa de vidro, a quebrou e ameaçou os militares. Em seguida, foi caminhando em direção a uma loja da região.

Ao chegar na loja, o homem tentou agredir um fiscal, que conseguiu se livrar da investida. Em seguida, foi em direção a uma vendedora, que também escapou. Enquanto isso, ele deixou o pedaço de vidro que carregava e tirou uma faca da cintura.

Os militares tentaram negociar, orientando que o homem largasse a faca. Foi quando ele, então, adentrou ao balcão e tentou agredir duas mulheres que lá estavam. Nesse instante, agarrou uma delas e colocou a faca em seu pescoço.

O autor continuava não acatando a ordem dos policiais, que se aproximavam e tentavam negociar. Durante todo o tempo, o homem manteve a faca no pescoço da vítima e, para preservá-la, os militares efetuaram um disparo com arma de fogo.

O tiro acertou o tórax do autor, que foi imediatamente socorrido e encaminhado para o Hospital João XXIII. Nenhuma das vítimas sofreu ferimentos.

* Estagiário sob supervisão do subeditor Daniel Seabra


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade