Publicidade

Estado de Minas COVID-19 NO ESTADO

Entenda o que é o R0, taxa de transmissão de coronavírus que aumentou em Minas

Propagação da doença aumentou em relação à última semana mas diminuiu se comparado ao início da pandemia


postado em 01/06/2020 17:49 / atualizado em 01/06/2020 18:18

Taxa de transmissão tende a aumentar sem isolamento social(foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press)
Taxa de transmissão tende a aumentar sem isolamento social (foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press)

A taxa de transmissão do novo coronavírus aumentou em Minas, segundo a Secretaria de Estado de Saúde. É o que aponta o “R0”, taxa utilizada para indicar como a epidemia está evoluindo no estado, ou seja, é um parâmetro para saber se a transmissão tem aumentado ou diminuído.

Esse parâmetro avalia a possibilidade de transmissão do vírus por uma pessoa doente para outra. No boletim da última quarta-feira (27), o R0 estava em 1,27. Em Minas, atualmente a taxa de R0 é de 1,42, ou seja, uma pessoa transmite para 1,42 pessoas. Há previsão de publicação de nova atualização nesta quarta (3).

Em coletiva de imprensa na tarde desta segunda-feira, o secretário Carlos Eduardo Amaral explicou que, do ponto de vista do acompanhamento de uma epidemia, se uma pessoa transmite para outra, é possível manter o nível de transmissão. Já se uma pessoa transmite para menos de uma pessoa, a Saúde entende que essa epidemia está em fase de remissão, ou seja, “desaquecendo”.



Por outro lado, se durante a epidemia uma pessoa transmite para mais de uma pessoa, há uma tendência de crescimento. O secretário explicou que, se essa tendência de crescimento estiver acima de 2, existe um crescimento exponencial da doença.

“Há uma tendência de crescimento da epidemia no estado, mas não é um crescimento tão exponencial. Se compararmos ao início de março, quando tivemos o início do isolamento, naquele momento tínhamos a taxa de transmissão de 3,5, ou seja, uma pessoa transmitia o vírus para 3,5 pessoas. Efetivamente, de março até agora, tivemos um decréscimo muito grande da transmissão”, explica.



Apesar da taxa do estado estar abaixo de 2, algumas cidades de Minas preocupam. Na última sexta-feira, o Comitê de Entrentamento à Pandemia de Coronavírus da Prefeitura de Belo Horizonte apresentou a situação de alguns municípios, como Jaboticatubas (R0= 19,7), Araxá (R0= 20,0) e Curvelo (R0= 20,0), com as maiores taxas. 

Taxa de transmissão dos municípios divulgada pela Prefeitura de BH(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A.Press)
Taxa de transmissão dos municípios divulgada pela Prefeitura de BH (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A.Press)
 

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade