Publicidade

Estado de Minas VÍDEO

Esta ladeira que viralizou está longe de ser a mais íngreme de BH; entenda

Formação se deve aos tipos de rocha, mais resistentes à erosão, que compõem o solo no local, explica topógrafo


postado em 01/06/2020 19:40 / atualizado em 04/06/2020 14:19

(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)

Uma parede de asfalto ou uma rua de Belo Horizonte? No sábado, 30/5, essa foi a dúvida que intrigou o Twitter. O usuário @gatosabado publicou uma foto da Rua Perdigão Malheiros, próximo à Rua Gentios, no Bairro Coração de Jesus, na região Centro-Sul da capital. A foto e o questionamento movimentaram as redes sociais, mas a 'ladeira viral' está longe de ser uma das ruas mais íngremes da capital mineira. 



Segundo o professor Allaoua Saadi, da Universidade Federal de Minas Gerais, as formações rochosas da região explicam a inclinação do morro.

Segundo Saadi, a região da rua Perdigão Malheiros está sobre rochas que alternam faixas duras e resistentes com quartzitos e outras mais brandas, com xistos.

“As declividades são influência das faixas resistentes à erosão e que, ao longo do tempo, conduziram à formatação deste tipo de topografia”, explica o professor.

De acordo com o setor de Geoprocessamento da Prodabel, órgão vinculado à Prefeitura, a inclinação média da rua Perdigão Malheiros é de 25,4%.

  • Na capital o quinto lugar fica com a Rua Guimarães Rosa, no Nossa Senhora de Fátima, com 49% de inclinação. 
  • Logo depois, em quarto lugar, tem a Rua Dois Mil Seiscentos e Trinta e Sete, no São Bento, com 50% de inclinação. 
  • Com 51% de inclinação, a Rua São Benedito no São Marcos, tem o terceiro lugar.
  • A vice-campeã é a rua Rua Copérnico Pinto Coelho, no bairro Santo Antônio, com 50% de inclinação. 
  • E a grande vencedora é a rua Rua Expedicionários no Conjunto Taquaril, com 57% de inclinação.
O ranking mundial tem os quatro primeiros lugares nos Estados Unidos. 
  • Em São Francisco, está a ladeira de quinto lugar, que chega a uma inclinação de 31,5%, a Filbert Street. 
  • Em quarto lugar, temos a Eldred Street, na Califórnia, com 33,3% de inclinação.
  • A Waipio Road, no Havaí, tem o terceiro lugar das ladeiras mundiais com a inclinação, que chega a 37% em alguns pontos.
  • Em segundo lugar está a Canton Avenue, em Pittsburgh, Pensilvânia, que de tão íngreme, não está liberada para o tráfego de veículos. São 37% de inclinação na avenida. 
  • A campeã das ladeiras mundiais está na Nova Zelândia, a Baldwin Street, que entrou no livros dos recordes como a rua residencial mais inclinada do mundo, com impressionantes 38% de inclinação. 
(* Estagiária sob supervisão do subeditor Fred Bottrel) 

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade