Publicidade

Estado de Minas PAREDE DE ASFALTO

Ladeira de BH comparada a 'parede de asfalto' viraliza nas redes

Foto publicada por usuário de redes sociais tem grande repercussão tanto na capital mineira quanto fora, com pessoas impressionadas com grau de inclinação


postado em 30/05/2020 18:57 / atualizado em 01/06/2020 17:49

(foto: Reprodução/Twitter)
(foto: Reprodução/Twitter)
Que o relevo de Belo Horizonte é acidentado todo mundo sabe. Mesmo assim, uma publicação em redes sociais de foto comprovando o fato causa grande alvoroço, como ocorreu com o usuário do Twitter que se identifica como @gatosabado. A postagem de uma foto da Rua Perdigão Malheiros, próximo à Rua Gentios, no Bairro Coração de Jesus, teve nada menos que 31,5 mil curtidas, 2,5 mil replicações e 1,3 mil comentários até o início da noite deste sábado.
 
"Sim, parece uma parede de asfalto. Mas é uma rua de Belo Horizonte. Com prédios e com transito até o alto", escreveu @gatosabado no post, causando grande repercussão. 
 
Entre as pessoas que deixaram impressões, há quem brinque com a topografia da capital mineira. “Em BH existem duas verdades absolutas: uma é que a morte chega a todos e a outra é que ou você sobe ou você desce, não tem outra opção”, escreveu um internauta. “As ruas do Gutierrez têm até corrimão na calçada”, atestou outra.

Os próprios moradores e ex-moradores também fizeram troça da situação. “Eu morava no último prédio lá em cima até março deste ano. Três infartos pra subir o morro e quatro rompimentos de joelho pra descer”, brincou um internauta.

Não são poucas as ladeiras íngrimes na capital mineira. Algumas podem até pleitear posto no rol das mais íngremes do mundo. Entre elas estão a Rua Filbert, em São Francisco, e Rua Eldred, em Los Angeles, ambas nos EUA; e a Rua Baldwin, em Dunedin, na Nova Zelândia.
 
Até isso gerou reações na internet. "Quando fui a São Francisco e me apresentaram a tal 'rua mais inclinada do mundo', eu achei que eles estavam de brincation with my face", escreveu um usuário do Twitter. 

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade