Publicidade

Estado de Minas

Coronavírus: prefeitura instala barreiras sanitárias nas ruas de BH

Agentes públicos poderão parar veículos e solicitar aferição de temperatura; postos começam a funcionar já na segunda-feira (18)


postado em 15/05/2020 07:22 / atualizado em 15/05/2020 20:59

Avenida Amazonas, nas proximidades do Anel Rodoviário. Local terá barreira sanitária a partir de segunda (18)(foto: Edésio Ferreira/ EM D.A.Press)
Avenida Amazonas, nas proximidades do Anel Rodoviário. Local terá barreira sanitária a partir de segunda (18) (foto: Edésio Ferreira/ EM D.A.Press)

A Prefeitura de Belo Horizonte criou barreiras de fiscalização sanitária em 18 pontos da cidade, que começam a funcionar a partir de segunda-feira (18). A determinação consta no Decreto nº 17.356, publicado na edição desta sexta (15) no Diário Oficial do Município (DOM). A norma visa conter a propagação do novo coronavírus pela capital

Segundo o DOM, nesses postos haverá agentes públicos autorizados a parar veículos, a fim de realizar rastreamento clínico, incluindo aferição de temperatura corporal. Os agentes também poderão solicitar o preenchimento de um questionário com dados sobre o histórico de saúde dos indivíduos e possíveis situações em que tenham tido contato com pacientes da Covid-19.

No texto, a prefeitura reforça que o enfrentamento ao coronavírus pede medidas coordenadas para barrar a aceleração da doença e deixar a população segura quanto ao vírus. Segundo consta no decreto, "a pessoa cujo rastreamento clínico identifique suspeita de infecção será orientada e encaminhada para unidade de saúde específica, para ser assistida e evitar a possível propagação da doença".

Veículos oficiais do poder público e ambulâncias estão livres da fiscalização. O documento ressalta ainda que não haverá restrições à saída de pessoas e veículos dos limites do território do município. As medidas foram instituídas em caráter compulsório e excepcional, mas não há menção sobre o tempo para o término das abordagens. 

De acordo com a PBH, em caso de descumprimento, a Polícia Militar poderá ser acionada e o infrator está sujeito a responsabilização civil e criminal. Um detalhamento maior da ação será divulgado na próxima segunda-feira, 18, às 13h, em entrevista coletiva na prefeitura. Na ocasião, serão esclarecidas informações como as possíveis punições e o que acontece com quem é barrado

 

Veja onde as barreiras estão instaladas

  • Avenida Amazonas, próximo ao viaduto do Anel Rodoviário;
  • Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, próximo à Rua Conde Pereira Carneiro;
  • Avenida Braúnas, próximo à Rua Xangrilá;
  • Avenida Professor Clóvis Salgado, próximo à Avenida Serrana;
  • Avenida Abílio Machado, próximo à Avenida Heráclito Mourão de Miranda;
  • Avenida Antônio Francisco Lisboa, próximo à Rua Expedicionário Paulo de Souza;
  • Rua Francisco Adolfo Viana, próximo à Rua Três;
  • Rua Júlio Mesquita, próximo à Rua Taboão da Serra;
  • Avenida Civilização, próximo à Rua dos Menezes;
  • Avenida Dom Pedro I, próximo à Rua Bernardo Ferreira da Cruz;
  • Avenida Cristiano Machado, próximo à Rua das Guabirobas;
  • Avenida Vereador Cícero Idelfonso, próximo à Rua Nogueira da Gama;
  • Avenida José Cândido da Silveira, no trecho entre a MG-05 e Rua José Moreira Barbosa;
  • Avenida dos Andradas, no trecho entre a Rua Itaguá e Rua Marzagânia;
  • Rua Jornalista Djalma Andrade, próximo à Avenida Dr. Marco Paulo Simon Jardim;
  • Avenida Raja Gabaglia, próximo à Rua Parentis;
  • Avenida Nossa Senhora do Carmo, no trecho do Belvedere;
  • Rua Haiti, no trecho entre a Avenida Presidente Eurico Dutra e Rua Patagônia.

 


Hotéis

No mesmo decreto, o prefeito Alexandre Kalil modificou regras de funcionamento de hotéis e negócios correlatos. A partir de agora, o acesso a academias, piscinas e saunas deve ser proibido. 

Os hóspedes precisam informar no formulário de check-in se tiveram contato com pessoas com suspeita ou diagnóstico de COVID-19. Em caso positivo, o hotel deve comunicar o fato à Secretaria Municipal de Saúde, que fornecerá orientações sobre sobre as medidas de isolamento social. 

A empresa também fica obrigada a disponibilizar aos clientes material elaborado pelo município com informações sobre prevenção e tratamento da doença. 




receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade