UAI
Publicidade

Estado de Minas SAÚDE PÚBLICA

COVID-19: em cinco dias, BH tem aumento de 31% para 43% na ocupação de UTI's

Números informados pela prefeitura consideram taxas levantadas nos dias 21, 23, 26, 27 e 28 de abril. Ocupação continua menor entre as unidades destinadas à COVID-19


postado em 29/04/2020 22:25 / atualizado em 29/04/2020 23:42

(foto: Túlio Santos/EM/D.A Press)
(foto: Túlio Santos/EM/D.A Press)

 

Belo Horizonte teve crescimento de 12 pontos percentuais na ocupação dos leitos de UTI destinados a pacientes diagnosticados com a COVID-19. O aumento, de 31% para 43%, foi registrado pela prefeitura num período de cinco dias: entre 23 e 28 de abril. Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde, que informou as ocupações referentes aos dias 21, 23, 26, 27 e 28 de abril. A capital tem, no total, 208 unidades para essa finalidade – 89 já ocupadas no dia 28. 

 

Quanto aos leitos de enfermaria voltados à pandemia, usando o mesmo comparativo, o aumento foi de nove pontos percentuais: de 35% para 44%. São 440 unidades desse tipo em Belo Horizonte, ou seja, 193 estavam ocupadas no dia 28. 

 

Em geral, considerando os leitos para todas as doenças, não só para a pandemia, a cidade tem uma média de 79,8% na ocupação dos seus 906 leitos de UTI desde o último dia 21. De acordo com a pasta, a taxa de ocupação é menor nas unidades voltadas à COVID-19 que aquelas destinadas a outras doenças.

 

Considerando apenas os leitos disponíveis para atender pacientes em estado grave infectados pelo novo coronavírus, a media dos cinco dias (21, 23, 26, 27 e 28) fica em 37,8%. 

 

Esse número está bem abaixo da média da ocupação dos leitos de UTI por aqueles que enfrentam outros quadros clínicos: 86,8%, no mesmo período.

 

A Saúde Municipal também detalhou o quadro da enfermaria em Belo Horizonte entre 21 e 28 de abril. Segundo a pasta, a ocupação dos leitos totais da cidade, considerando a média dos cinco dias analisados, é de 64,4% – o que resulta em 3.052 das 4.740 unidades ocupadas em média.

 

Assim como no caso das UTIs, a taxa de ocupação das unidades destinadas a outras enfermidades é maior que a dos leitos disponibilizados para a pandemia: 67,2% contra 39,4%.

 

Quantidade de leitos em Belo Horizonte:

 

208 leitos de UTI para COVID-19 (89 ocupados no dia 28)

440 leitos de enfermaria para COVID-19 (193 ocupados no dia 28)

906 leitos de UTI no total (743 ocupados no dia 28)

4.740 leitos de enfermaria no total (3.033 ocupados no dia 28)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade