Publicidade

Estado de Minas

Efeitos do isolamento: gasolina pode ser encontrada abaixo de R$ 4 em postos de BH

Pesquisa do site Mercado Mineiro aponta que etanol e diesel também tiveram baixa nos preços. Recomendação é estudar as melhores opções mesmo nesse período em que o carro esta sendo menos utilizado


postado em 20/04/2020 10:41 / atualizado em 20/04/2020 17:33

(foto: Foto: Edésio Ferreira )
(foto: Foto: Edésio Ferreira )
 
Quem andou pelas de ruas de Belo Horizonte no fim de semana pode ter percebido alguns postos de combustíveis com preços mais acessíveis para o consumidor. Os motoristas viram em alguns estabelecimentos a gasolina ficar abaixo dos R$ 4 e o etanol ter valor inferior a R$ 3, tanto para pagamento à vista quanto a prazo. A queda foi registrada de postos das avenidas Antônio Carlos, Cristiano Machado, na Rua Jacuí e na área hospitalar.

Entre os postos de Belo Horizonte, o menor preço encontrado da gasolina comum foi R$3,799 e o maior R$4,599 variando 21%. Em comparação realizada entre os preços médios do dia 25 de março de 2020, constatou-se que o preço médio da gasolina comum caiu 2,56% ou R$0,11, tendo antes o valor de R$4.30 e atualmente R$4,19. 

No caso do Etanol, o menor preço encontrado entre os postos pesquisados foi de R$2,478 e o maior de R$3.199, com uma variação de 29,10%. Na comparação realizada entre os preços médio no dia 25 de março de 2020, foi apontando que o preço médio do etanol caiu 12,10%, sendo que o valor médio era de R$3,157 e passou a ser de R$2,775. 

A queda nos preços se dá devido a queda no consumo dos combustíveis no mundo inteiro enquanto a produção do Petróleo segue em alta, fazendo com que o estoques fiquem maiores e a copetitividade pelo produto menor. Segundo Feliciano Abreu, diretor do site Mercado Mineiro.

A queda poderia ser maior caso as refinarias passassem mais redução para os postos e os postos para o consumidor. "A gente nota que aqui no Brasil muitas vezes esse valor fica represado, desde as refinarias até as distrbuidoras" diz Feliciano sobre o assunto.

As regiões com os menores preços em Belo Horizonte são as regiões Leste, Nordeste e Noroeste, tendo a Avenida Cristiano Machado (na região próxima a Rua Jacuí) com os melhores preços. Feliciano recomenda: "O consumidor que esta na zona sul e conseguir passar por esssa região para abastecer sem se endividar está fazendo um bom negócio".

Devido a essa queda nos preços, o etanol, que no momento corresponde a 66% do valor da gasolina, está mais viável para o bolso do consumidor.
"O aumento do consumo do etanol ainda pode causar uma queda no preço da gasolina, a partir do momento que o consumidor opta pelo etanol os postos precisam de fazer que a gasolina gire também", conclui Feliciano. 
 
 
*Estagiário sob supervisão do subeditor Frederico Teixeira


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade