Publicidade

Estado de Minas

Clínicas são interditadas depois de dentistas com suspeita de COVID-19 continuarem atendendo

O resultado do exame de uma das sócias saiu nessa sexta-feira e confirmou que ela está com coronavírus. O marido não fez o exame


postado em 18/04/2020 16:17 / atualizado em 18/04/2020 17:00

(foto: Prefeitura de Santa Rita do Sapucaí/ Divulgação)
(foto: Prefeitura de Santa Rita do Sapucaí/ Divulgação)


Três clínicas onde um casal de dentistas com suspeita de novo coronavírus manteve atendimentos foram interditadas no Sul de Minas. Os consultórios foram fechados pelas vigilâncias sanitárias de Pouso Alegre, Santa Rita do Sapucaí e Congonhal.

O resultado do exame da dentista sócia das clínicas saiu nesta sexta-feira (17) e confirmou que ela está com a COVID-19. O marido dela é considerado suspeito por morar na mesma casa e estar suscetível à doença.

A primeira clínica interditada foi a matriz, que fica em Pouso Alegre e pertence ao casal. A interdição foi no início da noite de sexta-feira. De acordo com a prefeitura de Pouso Alegre, um dentista do estabelecimento com suspeita do novo coronavírus estava realizando atendimentos agendados, descumprindo Nota Técnica do governo de Minas que proíbe esse tipo de atendimento durante a pandemia da COVID-19.

Neste sábado, duas outras clínicas que pertencem ao casal de dentistas foram interditadas em Santa Rita do Sapucaí e Congonhal.

Dentista atendeu no dia que saiu o resultado do exame

O advogado que representa a dentista, Carlos Laraia Filho, conversou com nossa reportagem e enviou nota. Ele confirma que sua cliente fez atendimentos pela manhã de sexta-feira na clínica em Pouso Alegre. No início da tarde ela pegou o resultado do exame e, ao saber que estava com o novo coronavírus, não retornou ao consultório.

“Ela estava atendendo, mas estava assintomática. Não tinha sintoma nenhum. E atendeu até ter o resultado. Ela foi comunicada às 13h30 do exame e não voltou à tarde para atender”, disse o advogado.

De acordo com o Carlos Laraia Filho, o dentista marido da profissional contaminada retornou à clínica para resolver outras questões. Ele estava no local até o momento em que a Vigilância Sanitária chegou para interditar o local. 

Ainda conforme o advogado, a dentista continua sem sintomas da COVID-19. Ela teria feito o exame por vontade própria por atuar na área da saúde. O advogado também afirma que não houve nenhum tipo de orientação para os dentistas ficarem em isolamento.

Clientes atendidos pelos dentistas deverão ser examinados

As secretarias municipais de Saúde das três cidades informaram que vão procurar as pessoas que foram atendidas pelos dentistas nesses últimos dias para serem monitoradas.

Segundo a secretária de Saúde de Santa Rita do Sapucaí, Maria Elizabete Rezende, a prefeitura irá fazer os exames em 120 clientes dos dentistas atendidos na clínica na cidade. “A informação que temos é que ela fez atendimentos na clínica daqui até o dia 6. Ele atendeu até o dia 14”, diz a secretária.

A prefeitura de Pouso Alegre ainda não tem a quantidade de pessoas atendidas na matriz do casal, onde houve consultas até essa sexta-feira.

CRO-MG informa que dentistas poderão sofrer penalidades com até suspensão de registro

O presidente do Conselho Regional de Odontologia de Minas Gerais (CRO-MG), Raphael Castro Mota, afirma que o caso é muito grave. “Logicamente que, se materializado os fatos, poderá haver uma punição das mais graves previstas na nossa lei, com suspensão da carteira profissional, cassação do exercício da profissão e com desdobramento penais que prevê detenção e multa”, afirma.

Mota disse ainda que uma equipe de fiscalização do CRO-MG acompanha os procedimentos juntos às secretarias municipais de Saúde. 

Nota técnica da prefeitura de Pouso Alegre – Interdição Clínica Odontológica

A Prefeitura Municipal de Pouso Alegre informa que, a interdição da Clínica Odontológica foi feita após denúncia à Vigilância Epidemiológica / Sanitária, de que um profissional dentista do estabelecimento com suspeita do novo coronavírus estava realizando atendimentos eletivos, em descumprimento a Nota Técnica COES MINAS COVID-19 Nº 11/2020 – 24/03/2020, que orienta em relação ao Atendimento Odontológico no Cenário de Enfrentamento da Doença do Coronavírus (COVID-19).

A Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Saúde tem o compromisso com a população de evitar a disseminação da doença pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), promovendo a prevenção e aumentando a capacidade de resposta do Município no enfrentamento do novo Coronavírus, visando reduzir a incidência e a interrupção da transmissão local.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade