Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Brasil iniciará testes clínicos com medicamento para a COVID-19

Sem revelar nome da droga, ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, previu testes em 400 pacientes com resposta em duas semanas


postado em 13/04/2020 15:07 / atualizado em 13/04/2020 16:06

O ministro Marcos Pontes visitou os laboratórios da UFMG(foto: Gladyston Rodrigues/EM/DA PRESS)
O ministro Marcos Pontes visitou os laboratórios da UFMG (foto: Gladyston Rodrigues/EM/DA PRESS)

 

O Brasil fará testes clínicos de um medicamento já existente para tentar combater a COVID-19, anunciou nesta segunda-feira (13) o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, o astronauta Marcos Pontes, em visita à Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Pontes veio à capital mineira para conhecer as ações implementadas pela universidade no combate à pandemia de coronavírus. Ele afirmou que serão realizados testes clínicos em 400 pacientes. "Em duas a três semanas, divulgaremos se o medicamento funciona ou não", disse o ministro.

Ele informou que esses testes da medicação estão sendo feitos em parceria com laboratório de biociência de Campinas. Dois dos medicamentos se mostraram promissores, de acordo com o ministro. Primeiro, foram identificadas 2 mil moléculas de drogas. Por meio de computação, foi possível analisar o encaixe com proteína dos vírus e os pesquisadores reduziram para cinco o número de medicamentos possíveis de serem usados no tratamento para neutralizar a COVID-19.
 
Pontes que o foco prioritário do governo federal é a pesquisa de medicamentos existentes que possam tratar a COVID-19, depois, o desenvolvimento de tecnologia brasileira para a realização de testes e a busca de vacinas. 
 

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade