Publicidade

Estado de Minas

Coronavírus: sem missas, Ouro Preto tem procissão motorizada

Imagem de São Roque, de cima de um carro, abençoou o casario


postado em 29/03/2020 12:30 / atualizado em 29/03/2020 14:20

(foto: Reprodução/ Whatsapp)
(foto: Reprodução/ Whatsapp)
A comunidade católica de Ouro Preto, na Região Central de Minas, participou, na manhã deste domingo (29), de uma procissão motorizada pelas ruas do Centro Histórico. À frente, a imagem de São Roque, um santo que viveu na Idade Média, protetor contra a peste e  padroeiro dos cirurgiões. A iniciativa é da Paróquia Nossa Senhora da Conceição.

Na cidade que celebra, este ano, 40 anos do título de Patrimônio da Humanidade, as igrejas estão fechadas e não haverá celebrações na tradicional Semana Santa - no calendário católico, o período vai de 5 a 12 de abril. As determinações são da Arquidiocese de Mariana, à qual Ouro Preto está vinculada.

Mais proteção
Já em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, muitos fiéis pedem a intercessão de São Sebastião, também protetor contra a peste e a guerra. O titular do Santuário Santa Luzia, padre Felipe Lemos, destacou no altar a imagem de São Sebastião, pedindo "socorro" neste momento de pandemia causada pelo coronavírus.

Antes do fechamento do santuário, por determinação do arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, muitos católicos rezaram diante da imagem. Atualmente, o padre Felipe celebra às 19h, com transmissão pelas redes sociais.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade