Publicidade

Estado de Minas

Temporal em BH aumenta enchente do Rio das Velhas e deixa cidade ilhada

Cerca de 30 famílias tiveram que sair de casa em Santo Hipólito, a 242 quilômetros da capital mineira


postado em 29/01/2020 13:20 / atualizado em 29/01/2020 13:27

Rodovia coberta pelas águas em Santo Hipólito, Região Central de Minas(foto: Matheus Freitas/Divulgação)
Rodovia coberta pelas águas em Santo Hipólito, Região Central de Minas (foto: Matheus Freitas/Divulgação)


As fortes chuvas que caíram em Belo Horizonte, na noite de terça-feira, fizeram aumentar mais ainda a enchente do Rio das Velhas, elevando os danos e a apreensão dos moradores das cidades banhadas pelo manancial, que deságua no Rio São Francisco. Uma delas foi Santo Hipólito, de 3,8 mil habitantes, a 242 quilômetros de Belo Horizonte, na Região Central do estado. Na manhã desta quarta-feira, a cidade ficou ilhada, devido à intensidade das chuvas e ao aumento do nível do Velhas.
 
A Prefeitura de Santo Hipólito providenciou a retirada dos moradores das partes baixas da cidade. Foram removidas cerca de 30 familias, encaminhadas para as casas de parentes e para a Escola Municipal Adélia Moreira Rocha. 

Com a enchente do Rio das Velhas, a Polícia Militar (PM) interditou a ponte na MG-220, estrada entre Santo Hipólito e Curvelo. A água invadiu o asfalto em outro ponto  da mesma rodovia, impedindo a passagem de veículos. Por causa dos estragos provocados pelas chuvas, a estrada que liga  o município a Diamantina também está com o tráfego interrompido.



Os danos decorrentes dos temporais afetaram também o atendimento à saúde da população. A Prefeitura divulgou comunicado, esclarecendo que as consultas de moradores agendadas em Curvelo e outros municípios para esta quarta-feira foram canceladas, tendo em vista a interrupção do trânsito na MG 220. Informou ainda que as consultas serão remarcadas. 

As intensas chuvas que causaram uma série de danos em Belo Horizonte na noite de terça-feira aumentaram o nível do Rio das Velhas porque os ribeirões Arrudas e Onça, que cortam a Capital, deságuam no afluente do Rio São Francisco. O Velhas nasce no município de Ouro Preto e deságua no Velho Chico no distrito de Barra do Guaicuí,no município de Várzea da Palma, no Norte de Minas.



Publicidade