Publicidade

Estado de Minas

Trânsito de BH tem interdições por causa de danos da chuva; veja onde

Rodovias, ruas e avenidas sofrem com bloqueios por causa da precipitação de alta intensidade que atingiu a capital mineira entre quinta e sexta-feira


postado em 27/01/2020 11:44 / atualizado em 27/01/2020 12:37

Ver galeria . 5 Fotos Correnteza do Ribeirão Arrudas arrancou pelo menos quatro vigas de concreto da estrutura do leito. Duas faixas da Avenida dos Andradas foram interditadasPaulo Filgueiras/EM/DA Press
Correnteza do Ribeirão Arrudas arrancou pelo menos quatro vigas de concreto da estrutura do leito. Duas faixas da Avenida dos Andradas foram interditadas (foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press )

 

 

A segunda-feira tem exigido muita paciência do motorista de Belo Horizonte. Diante dos danos provocados pela chuva que caiu entre quinta e sexta-feira na Grande BH, ruas, avenidas e rodovias sofrem interdições, o que causa engarrafamento na cidade.


Na Avenida dos Andradas, nas proximidades da Área Hospitalar, entre a Avenida Francisco Sales e Alameda Ezequiel Dias, uma faixa de cada sentido está fechada. O local está sinalizado, mas filas de carros são comuns em momentos de maior tráfego.


Ainda na Região Central, há bloqueios em duas ruas: Ouro Preto, entre a Avenida Amazonas e a Rua dos Aimorés, e Padre Rolim. Nessa última, um galho ocupa uma faixa na altura do número 787.


Muito atingida pela chuva na última semana, a Avenida Tereza Cristina também tem bloqueios. Segundo a BHTrans, todos os pontos críticos estão sinalizados, mas a via só está liberada a partir do Anel Rodoviário no sentido Centro e até o Bairro Dom João VI no sentido contrário.


Na Rua Amanda, no Bairro Betânia, Região Oeste de BH, apenas o trânsito local está permitido. No mesmo território da cidade, a Rua Cândido de Souza, no Gameleira, opera apenas em meia faixa. A Rua Fernando Esquerdo, 35 (próximo ao Colégio Santo Agostinho), no Gutierrez, também apresenta limitações.

 

(foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A Press)
(foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A Press)
 


O Centro-Sul da cidade sofre com interdições. No Bairro São Bento, a queda de uma árvore e um poste fecha a Rua Engenheiro Sena Freire. O mesmo problema atinge a Rua Anita Garibaldi, no Coração de Jesus, onde uma faixa está ocupada. Outra árvore e um muro caídos força a Rua Gentios, no Luxemburgo, a operar apenas com meia pista. No Sion, é a Rua Correias que está bloqueada.


Ainda em BH, há problemas na Rua das Marias, no Maria Goretti (Região Nordeste), onde uma barreira caiu. Ainda neste território, a faixa direita da Avenida Cristiano Machado está fechada na altura do número 1.125, no Bairro Graça. No Fernão Dias, a Avenida José Cândido da Silveira está bloqueada em uma faixa nos dois sentidos.


Marcada pela tragédia na Vila Bernadete, a Região do Barreiro apresenta interdições nas ruas Doutor Cristiano Rezende, no Bairro Novo das Indústrias, e Olaria do Barreiro, no Bairro Olaria. Em ambas, uma faixa está fechada.


No Leste da cidade, no Saudade, as ruas Magnésio e Desembargador Bráulio estão interditadas. A Rua Elói Mendes, na esquina com a Avenida Silviano Brandão, no Sagrada Família, funciona apenas em meia pista.


Em outras regionais há apenas uma interdição. Na Pampulha, a Rua São João Lagoa, no Bairro Santa Branca, está interditada. Em Venda Nova, o problema acontece no Bairro Jardim dos Comerciários, exatamente na Rua Jair Negrão de Lima, por causa de uma obra da Copasa.


Já na Região Norte de BH, a Rua Pau Brasil tem tráfego apenas em meia pista no Bairro Jardim Felicidade.


Rodovias

 

Anel Rodoviário tem bloqueios na altura do Km 542, nos dois sentidos(foto: Reprodução/Google Street View)
Anel Rodoviário tem bloqueios na altura do Km 542, nos dois sentidos (foto: Reprodução/Google Street View)
 


O motorista de Belo Horizonte pisa no freio, principalmente, em duas rodovias da cidade: a BR-356 e o Anel Rodoviário.


Na primeira, vários barrancos deslizaram no sentido Savassi: ao lado de um posto de combustíveis, na altura do Bairro Belvedere, há interdição da faixa da direita. Ainda na BR-356, quem está no sentido Lagoa dos Ingleses e quer retornar para acessar a MG-030 rumo a Nova Lima precisa de muita atenção: um barranco cedeu na pista de acesso à rodovia.


Marca de pneus no local mostram que alguns motoristas arriscaram superar a lama ali despejada, mas o ideal mesmo é evitar esse retorno e optar por fazer o “balão” na altura do BH Shopping.


No Anel Rodoviário, o problema acontece no Km 542, na altura do Bairro Olhos D'Água, Região Oeste de Belo Horizonte. Uma viatura da Via 040, concessionária responsável pelo trecho, estava posicionada no sentido Rio de Janeiro para bloquear a faixa da direita, pois o local está sem equipamento lateral de proteção.


Já no sentido Vitória, no mesmo Km 542 do Anel, dois barrancos desmoronaram na faixa da direita, que está fechada por pouco menos de um quilômetro.


Segundo a Via 040, as intervenções incluem a recomposição da estrutura de contenção da encosta no sentido Vitória, e a estabilização da lateral direita da pista do sentido Rio de Janeiro. Os trabalhos tem previsão de durar cerca de 45 dias.


A empresa também cadastrou alertas para os usuários do aplicativo Waze e vai informar as condições de tráfego por painéis eletrônicos na via e por seus canais de comunicação.


Publicidade