Publicidade

Estado de Minas

Em meio a suspeitas, bar da Backer funciona normalmente em BH

Templo Cervejeiro está localizado na mesma região da fábrica da cervejaria, no Bairro Olhos D'Água


postado em 10/01/2020 20:42 / atualizado em 10/01/2020 22:18

(foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)
(foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)

 

Mesmo enfrentando sua maior crise desde a fundação, o bar administrado pela cervejaria Backer no Bairro Olhos D'Água, na Região Oeste de Belo Horizonte, continua funcionando normalmente na noite desta sexta-feira (10). O movimento observado pela reportagem, entretanto, é menor do que o convencional. Já a gerência do bar não vê anormalidade no número de clientes.


A empresa enfrenta suspeitas quanto a sua linha de produção, depois que as autoridades encontraram a substância química dietilenoglicol em garrafas do rótulo Belorizontina, produzido pela companhia.


O mestre cervejeiro da Backer, Sandro Duarte, no entanto, reiterou que a substância dietilenoglicol não faz parte do processo produtivo da empresa.


Segundo ele, o líquido de refrigeração é composto por outro tipo de substância. Não há contato entre o líquido e o tanque.


Ainda nesta sexta, os ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e da Justiça e Segurança Publica interditaram a fábrica da cervejaria.


Em coletiva de imprensa, contudo, a Backer informou que a fábrica vai fechar neste sábado para a inspeção dos tanques e maquinário da empresa pelos parceiros.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade